Música e Shows às 10:00

Lady Gaga anuncia datas de shows em Las Vegas

Lady Gaga com maquiagem leve, segurando o rosto

Foto: Reprodução Instagram

Lady Gaga anunciou finalmente que em outubro começam suas apresentações em Las Vegas. O espetáculo se chamará “Lady Gaga Jazz & Piano – The Las Vegas Residency”, e voltará ao Park MGM no dia 14 de outubro, ficando lá até dia 31 do mesmo mês. A cantora tocará em nove dias no Teatro.

Os shows, com um toque de jazz, começaram em 2019 como parte da sua estadia em Vegas, chamada ‘Lady Gaga Enigma’, que durou até 2020, quando chegou a pandemia.

Na legenda de um post do Instagram anunciando os shows, Gaga disse: “Lady Gaga Jazz & Piano. Residência em Las Vegas no @ParkMGM”, indicou. “Little Monsters (Pequenos monstros, como chama seus seguidores), a pré-venda está aberta agora para todas as datas em outubro em gagavegas.com”, informou.

A programação de shows coincidiu com o próximo álbum da cantora, Love for Sale, que será lançado com Tony Bennett no dia 1º de outubro.

Veja+: Pabllo Vittar vai estar no álbum de Lady Gaga

O último álbum em colaboração com Bennett, Cheek to Cheek, em 2014, vendeu quase 1.4 milhão de cópias no mundo todo.

Atualmente Lady Gaga está promovendo seu novo filme que pode ser indicado ao Oscar, House of Gucci, sobre o casamento e divórcio de Patrizia Gucci e o falecido Maurizio Gucci, o então diretor da famosa casa de moda, no dia 26 de novembro.

SEM AJUDA

Ryan Fischer, o passeador de cães de Lady Gaga, continua seu processo de recuperação, depois de ser baleado quando sequestraram os cachorros da cantora.

Ryan teve que se mudar de sua casa por motivos de segurança, pois teve medo de ser perseguido pelos homens que cometeram o crime ao reconhecê-los, e empreendeu uma viagem em solitário com seus cães, pelos Estados Unidos, em um velho trailer.

Mas agora o rapaz de 31 anos está pedindo ajuda para seus seguidores, porque o veículo de 1991 no qual viajava quebrou e não tem mais conserto. Ryan quer comprar uma nova van e pediu apoio e doações através do GoFundMe.

Sua meta é alcançar US$ 40 mil (R$ 210 mil) e já conseguiu chegar aos US$ 26 mil.

Porém seu pedido não foi bem visto pelos detratores de Lady Gaga, que agora está sendo muito criticada por não ter apoiado Ryan financeiramente, quando chegou a oferecer US$ 500 mil (R$ 2,6 milhões) para que os sequestradores lhe devolvessem seus cachorros.

Veja+: Lady Gaga novamente com Tony Bennett

Nos comentários da página no GoFundMe criada por Fischer, os próprios doadores levantaram essa questão.

Dan Simms que doou US$ 8 escreveu: “Lady Gaga deveria ter corrido para apoiá-lo. É uma piada que ela pagou US$ 500.000 pelos cachorros enquanto não fez quase nada por você. Cachorros bonitos, mas você foi baleado protegendo-os! Se ela representa a Woke Society, isso é nojento”, criticou.

Melissa Sisk que doou US$ 25 lamentou: “Lady Gaga deveria ter pago e é uma vergonha que ela não tenha cuidado de Ryan depois de sua provação. Espero que Ryan encontre toda a cura de que precisa. Boa sorte!!”.

Outro doador, identificado como Al Lasso doou US$ 50 e cutucou a cantora: “Vamos Lady Gaga, dê um passo à frente para este herói de seus cães!”.

Carrell S que doou US$ 10 também lamentou: “Cuide-se bem, Ryan. Sempre soube que Lady Gaga era um pedaço de merd*. Esperançosamente, todos nós podemos juntar nossos centavos e ajudá-lo quando ela deveria ter feito isso”.

Alguns esperam que o rapaz processe a cantora pela falta de ajuda. Supostamente Lady Gaga pagou a conta do hospital e prometeu que Ryan terá seu trabalho de volta quando se recuperar.

Até agora nem Ryan, Lady Gaga ou seus representantes fizeram qualquer comentário sobre essas críticas.