Música e Shows às 15:00

Pulseira da amizade gera ‘caos’ em eventos. Entenda essa história!

fotomontagem de florence pugh na ccxp23 e taylor swift em show em são paulo
Foto: Lucas Ramos e Brazil News/Montagem

Um item vem se mostrando bastante presente em grandes eventos na atualidade: as famosas pulseiras da amizade, principalmente se o assunto for Taylor Swift, afinal, forma nos shows dela que os brasileiros começaram em massa a ir com o item no pulso e até trocarem entre si.

Porém, o item vem chamando mais atenção ainda por ter sido centro de algumas “polêmicas” tanto nesses shows, quanto em grandes eventos que até fogem da “bolha swiftie” e musical, e OFuxico vai te contar como surgiu o item e quais eventos ele chamou atenção. Confira!

Origem

Durante a “The Eras Tour”, Taylor Swift pediu para seus seguidores fazerem as friendship bracelets (“pulseiras da amizade” em inglês), e milhares de fãs atenderam ao pedido, comprando miçangas e fabricando seus próprios acessórios.

A inspiração disso veio da canção “You’re on Your Own, Kid”, do álbum “Midnights”, lançado em 2022, cujo trecho da letra afirma: “Tudo que você perde é um passo que você dá. Então, faça as pulseiras da amizade, aproveite o momento e experimente a vida. Você não tem motivos para ter medo”.

Por isso os fãs criavam a suas próprias e trocavam, pois criavam essas lembranças e ainda poderiam conhecer outras pessoas na apresentação. Muitas vezes, eram nomes dos fãs, dos gatos da artista ou até mesmo de sus músicas.

Marquezine entrou na onda

Depois de assistir ao show de Taylor Swift em Los Angeles, nos Estados Unidos, acompanhada por Xolo Maridueña, e o casal Sasha Meneghel e João Figueiredo, em agosto, Bruna Marquezine marcou presença no Allianz Parque na noite de domingo, 26 de novembro, no encerramento da “The Eras Tour”.

Como uma boa swiftie, Bruna cobriu os braço com as pulseirinhas da amizade da cantora e foi pra galera trocar o item, o que lhe rendeu elogios: “Enquanto umas aí fica nos camarotes dando uma de modelo, Bruna Marquezine superacessível trocando pulseiras com os fãs da Taylor Swift”, escreveu uma seguidora no Twitter.

Porém…

Técnico do Palmeiras se irritou

Abel Ferreira, técnico do Palmeiras, reclamou nesse domingo, 03 de dezembro, sobre como ficou o gramado do Allianz Parque após os três shows consecutivos de Taylor Swift, afirmando que ficaram muitas miçangas e pulseiras no campo.

“O que não podemos é ter um gramado cheio – se quiserem vão lá fora ver – com uma quantidade de coisinhas [miçangas, como gesticulou] do espetáculo que fizeram da Taylor Swift. A quantidade de bebidas e tudo mais”, declarou ele.

Ainda, foi revelado que um saco cheio de miçangas foi aberto no show final de São Paulo: “No Allianz domingo teve uma mona que estourou um pacote de miçanga no chão e caiu tudo no gramado pelo vão Ela catava o que dava pra catar falando ‘desculpa jogadores do Palmeirassssss……’. Já sabem”, contou uma internauta no Twitter.

Acidente na CCXP

Já nesse domingo, 03 de dezembro, as pulseiras da amizade marcaram presença na CCXP23. Primeiro, n palco Thunder do evento, ao fim do painel de “Duna – Parte 2”, os fãs nas primeiras fileiras jogaram o item para os atores do filme presentes (Timothée Chalamet, Zendya, Florence Pugh e Austin Butler), que pegaram algumas e até colocaram no braço.

Porém, a apresentadora do painel, Aline Diniz, pediu que os itens não fossem jogados, nem s pulseiras, nem nenhum outro: “Parem de jogar coisas no palco, por favor”, pediu ela. Os astros então seguiram para o palco Omelete, onde estava o restante da galera.

O fim da rápida entrevista, os atores se levantaram para tirar uma foto, e para a surpresa de todos, Florence foi atingida com uma pulseira da amizade na cabeça, perto do olho, e por sua reação, pode ter ido com força e ter machucado. Ela reagiu assustada, e saiu mais contida do local.

Notícias Relacionadas