Música e Shows às 04:00

RBD: Christopher Uckermann agradece presente de Vini Jr

Christopher Uckermann, RBD, Rio de Janeiro
Christopher Uckermann, RBD, Rio de Janeiro / Reprodução / Instagram /@christophervuckermann/@frescolns

Na noite de sexta-feira (10), o grupo mexicano RBD subiu ao palco mais uma vez no Rio de Janeiro, para sua segunda noite de apresentações em solo brasileiro com sua “Soy Rebelde Tour”, e o cantor Christopher Uckermann usou uma camisa oficial da seleção, de número 7, de Vini Jr, presente do craque carioca, que é fã do grupo.

No Instagram, Christopher agradeceu o carinho de Vini, em português: “7 ⚡️⚡️?? Obrigado pela camiseta amigo!! @vinijr”.

O jogador respondeu nos comentários: “Que honra!!! Obrigado a você!!! O Brasil te ama!!”, disse Vini, que teve mais de 10.000 curtidas em seu comentário, e recebeu o carinho de volta: “E o México ama você, Vini”, disse uma fã.

Reprodução / Instagram /@christophervuckermann/@frescolns

Despedida?

Os shows da turnê “Soy Rebelde”, do grupo RBD, tem sido um sucesso total. Com várias datas ainda na agenda, incluindo suas apresentações no Brasil no próximo mês, os integrantes do antigo sexteto continuam entusiasmados e felizes com o carinho do público. E Anahí confessou que continua se emocionando muito cada vez que pisa no palco.

Mas, apesar da grande aceitação e carinho que todos eles tem recebido, e dos boatos de que em 2024 o grupo poderia repetir as apresentações, Anahí afirmou que, quando a turnê terminar, ela vai aposentar o microfone.

De acordo ao jornal mexicano “El Universal”, Anahí chamou os shows do RBD de ‘último baile’.

“Definitivamente essa turnê é o último baile, é uma linda despedida que levarei para sempre no coração. Para mim é o presente mais lindo estar fazendo a turnê mais importante da América Latina dos últimos tempos, com o grupo mais incrível que já existiu, o RBD, do qual sou fã número um”, disse a artista.

“Posso me despedir assim e mostrar aos meus filhos e um dia aos meus netos, o que deixei no coração das pessoas. O que mais importa para mim é esse amor que vai ficar para sempre, não importa se estamos longe ou não, vamos levar o que estamos desfrutando”, acrescentou a mãe de Emiliano e Manuel, de três e seis anos, respetivamente.

“Há saudade de encontrar quem você era, abraçar quem você é hoje e relembrar todos aqueles sonhos. Talvez alguns não tenham sido realizados, mas tudo bem, você pode criar novos. Hoje sou uma mulher de 40 anos e dois filhos e estou realizando um sonho que nunca pensei que seria possível: estar no palco novamente”, destacou.

Notícias Relacionadas