Música e Shows às 07:00

Sergio Guizé lança álbum solo À Deriva: ‘Traz muitas verdades sobre mim’

Sergio Guize carreira musical

Lucas Marasta (@zion_marasta)

Sergio Guizé, no ar na série “Verdades Secretas 2”, da TV Globo, acaba de lançar o álbum solo “À Deriva”. A obra, concebida na pandemia, mostra um artista cada vez mais maduro na música. O álbum conta com dez músicas e traz homenagens a compositores como Cartola, Sergio Godinho (Portugal), Belchior e Secos e Molhados.

Com produção da Zulim Sounds, o álbum foi dividido em duas partes, e as primeiras cinco faixas já disponíveis nas plataformas são: “À Deriva”, “Desligar”, “Um Pouco Mais de Mim”, “Palo Seco” e “Contra o Vento”. 

No projeto, Guizé conta ainda com os músicos Jorge Bittar (Surf Sessions), Renato Azambuja (Surf Sessions), André Gieswein (Tio Che), Paulo Verissimo (Distintos Filhos), Kiko Peres (Natiruts), Deniel Moraes, Robenita e Loyd (Back vocals), Diego Basanelli (violão) e Salvador Guizé (piano).

A reportagem de OFuxico entrevistou Guizé sobre o projeto. Confira:

Capa do disco a deriva
Divulgação

OFuxico: À Deriva homenageia grandes nomes como Belchior, Cartola, Secos e Molhados… Como foi feita esta escolha?
Sergio Guizé: “São ídolos e ícones da nossa música. Artistas que sempre ouvi e que estiveram presentes na minha vida. Foi uma escolha muito natural para mim. Me sinto honrado em poder cantar obras tão incríveis.”

OFuxico: À Deriva mostra um Sérgio Guizé ainda mais maduro musicalmente. O que este álbum significa para você? O que o público pode esperar?
Sergio Guizé:  “Esse trabalho traz muita verdade sobre mim. Mensagens que acredito. A arte sendo colocada à prova de uma maneira muito bonita. Privilegiamos a arte de uma maneira muito visceral. Ter um time ao meu lado foi fundamental para que conseguíssemos transformar tudo isso em música.”

OFuxico: O álbum é dividido em duas partes. Qual ou quais músicas mais te tocam?
Sergio Guizé: “Todas me tocam. Cada uma à sua maneira. Foi muito difícil fazer essa escolha, pois todas as músicas ali tem um porquê. Um motivo. É uma história com início, meio e fim.” 

OFuxico: Estamos vivendo tempos difíceis e as músicas e a arte nos trazem alento. Em tempos de pandemia, como você reflete o papel dos artistas?
Sergio Guizé: “Ficou mais evidente que seria impossível vivermos sem arte. É o que nos traz alegria, reflexão e amor. Sempre foi o papel do artista. Agora isso ficou mais evidente. Ficamos ainda mais fortes e entendemos o poder da nossa arte.”

OFuxico: O público pode aguardar por shows ainda neste ano ou, por conta das gravações de Verdades Secretas, você pensa em deixar as apresentações para 2022?
Sergio Guizé: “Vamos entrar agora na de divulgação do trabalho. Soltar ele para o mundo. Tudo com muita calma e carinho. Protegendo ao máximo esse filho. Já iniciamos os ensaios e em muito breve esse show estará pegando estrada. Estou muito feliz com todo esse processo.”