Música e Shows às 09:27

Travis Scott enfrenta processos milionários por conta de tragédia

Kylie Jenner abraça Travis Scott na escada
Foto: Reprodução/Instagram/@Kyliejenner

Na sexta-feira 5 de novembro, o festival Astroworld, realizado em Houston, no Texas, virou palco de uma tragédia quando uma avalanche humana deixou oito mortos, com idades de 14 a 27 anos, e outras 300 pessoas ficaram feridas. A polícia local já está conduzindo uma investigação para determinar o que causou o acidente, mas enquanto não surge um ‘culpado’, duas pessoas que ficaram gravemente feridas, entraram com uma ação contra Travis Scott, os organizadores do evento Live Nation e até Drake!

Segundo o site TMZ, Manuel Souza e Kristian Paredes pedem uma indenização milionária, de acordo com documentos: “Os réus não planejaram nem realizaram o evento com segurança”, indicam.

Manuel Souza explicou que quem organizou o evento ignorou os riscos de um festival daquela magnitude, com 50 mil pessoas:

Veja+: Fãs morrem em festival de Travis Scott

“Eles conscientemente ignoraram os riscos extremos de danos aos frequentadores dos shows e, em alguns casos, encorajaram ativamente o comportamento perigoso. Sua negligência causou ferimentos graves.”, explica Manuel, se referindo a que quando Drake subiu no palco com Scott, o caos foi total.

Até o momento se sabe que durante o show de Scott milhares de pessoas começaram a se empurrar para a frente para chegar mais perto do palco, causando pânico entre os presentes que tentaram sair, alguns não conseguiram e foram pressionados, pisoteados.

Segundo informes oficiais, não se conhece o motivo que incentivou os que estavam no festival a criar uma verdadeira avalanche humana que acabou com a vida de oito pessoas. Também foi relatado que várias pessoas acabaram com parada cardíaca, incluindo uma criança de 10 anos.

Tanto Souza como Paredes estão pedindo uma indenização de US$ 1 milhão (R$ 5,5 milhões).

TRAVIS NÃO SABIA DA GRAVIDADE DA SITUAÇÃO

Embora inicialmente Travis Scott tinha sido criticado nas redes sociais por supostamente continuar cantando apesar de todo o incidente acontecendo abaixo do palco, agora o site TMZ afirma que o cantor estava quase alheio ao que estava acontecendo ao seu redor na sexta-feira, 05 de novembro, à noite, durante seu show no Festival Astroworld. Ele não sabia da gravidade do problema, e nem imaginou que as pessoas estavam morrendo ao seu redor.

Fontes com conhecimento direto disseram à publicação: “Travis está totalmente arrasado com o que aconteceu (…) ele está fora de si com isso. Disseram que ele está chorando muito desde que tudo aconteceu e que está em um colapso emocional”, assegura o informante.

“Ele não estava ciente da extensão do que estava acontecendo ao seu redor – pessoas tendo parada cardíaca, etc. – e pensou que as poucas pessoas que viu sendo atendidas eram pessoas que simplesmente desmaiaram de desidratação. Não é incomum que esse tipo de coisa aconteça… especialmente em um festival lotado como este”, justificou a fonte.

O TMZ afirmou ainda: “Fomos informados de que Travis, de fato, parou o show algumas vezes para verificar as pessoas que pareciam estar inconscientes ou em perigo, alertando os seguranças e outras pessoas para pedir ajuda. Mas, nossas fontes dizem que ele simplesmente não percebeu o quão ruim realmente era. Não apenas isso, mas fomos informados de que nem ele nem seu staff foram informados sobre as mortes ou hospitalizações até o término do show.”

O TMZ apurou ainda que um dos policiais presentes na hora do incidente, sentiu uma picada de agulha no pescoço e precisou ser atendido de emergência porque estava entrando em overdose. Foi administrado uma dose de Narcan, remédio para reverter a overdose.

O Departamento de Polícia de Houston confirmou isso. Mas não está claro se alguém mais foi vítima da picada, que pode ter levado a todas as paradas cardíacas, ou apenas uma ou algumas – mas certamente será considerado como parte de uma investigação mais ampla, segundo a publicação.