Música às 16:05

Compositor de Martinho da Vila processa Adele sob acusação de plágio

fotomontagem de martinho da vila e toninho geraes em um evento e adele no museu

Reprodução/Instagram @toninhogeraesoficial e adele/Montagem

Adele é uma das maiores divas pop do mundo, tendo feito muito sucesso no início da década de 2010, sendo dona de diversos hits que estão na boca do público e entoam na mente até hoje.

Porém, curiosamente, a estrela está na justiça brasileira sob acusação de plágio, sendo processada por Toninho Geraes, compositor de Martinho da Vila.

Em entrevista para a revista Veja, o músico afirmou que a faixa “Million Years Ago”, presente no álbum “25”, é uma cópia da música “Mulheres”, uma das mais consagradas na voz de Martinho.

“Fiquei estarrecido quando me dei conta. A melodia e a harmonia são iguais. É uma cópia escancarada”, disse Geares na conversa.

A Veja ainda teve acesso à duas notificações extrajudiciais do processo, que foram enviadas em maio à Adele, Greg Kurstin (um dos compositores da canção e produtor da artista), à gravadora XL Recordings/Beggars Group e ao grupo Sony Music.

Veja+: Fãs defendem Juliette após acusação de plágio na capa de EP

Nos documentos, os advogados de Toninho Feraes garantem que, além da linha melódica, Adele e Greg “se apropriaram das primeiras notas de introdução”, as reproduzindo no início, refrão e final de Million Years Ago.

Entre trechos idênticos, substancialmente semelhantes e “imitativos”, as notificações contabilizam 88 compassos com indícios de cópia, somando três minutos e dois segundos, ou 87% da canção.

Dos envolvidos na acusação, apenas a Sony Brasil se pronunciou, declarando que o assunto está nas mãos da gravadora inglesa e da própria Adele.

“Nossa intenção era tentar um acordo, mas, diante do silêncio, recorreremos à Justiça”, disse o advogado Fredímio Biasotto Triotta.

Veja+: Lucas Lucco desabafa após perder processo de plágio

ACUSAÇÃO DE PLÁGIO POR CANTOR TURCO

O álbum “25” não está sofrendo polêmica e acusação de plágio pela primeira vez, e o smash hit “Hello” foi chamado de cópia da música “Marta”, lançada em 1973 pelo músico americando “Tom Wiats”.

Ainda falando de “Million Years Ago”, ela também já foi acusada de plágio anteriormente da faixa “Acilara Tutunmak”, presente no álbum de mesmo nome do artista turco Ahmet Kaya lançado no ano de 1985.

Outra faixa que “Million Years Ago foi apontada por similaridade foi com “Hay Amores”, lançada no ano de 2007 por Shakira, levando a ser mais uma cópia da canção composta por Toninho Geraes.

Veja+: Processo por plágio de Khloe Kardashian chega ao fim

Porém, o advogado Cláudio Lins Vasconcelos, da Comissão de Direitos Autorais da OAB-RJ, afirmou à Veja que provar plágio é uma missão complicada por não haver parâmetros claros.

“Além de provar a semelhança, é preciso mostrar que o plagiador teve contato com a obra e agiu intencionalmente”.

E você, considera “Million Years Ago” parecida com “Mulheres”? E quanto às outras faixas citadas, considera ter havido ação de plágio?

PRINCIPAIS NOTÍCIAS:

Esposa de Tiago Leifert fala da saída do apresentador da TV Globo

Ilha Record: Any Borges é a grande campeã. Mirella leva 250 mil reais

Atriz de série teen é atropelada por caminhão e quase fica paraplégica

Rafaella Santos detona Galvão Bueno após críticas a Neymar

Neto enche a bola de Faustão e alfineta Luciano Huck ao vivo