Música às 20:04

Léo Santana fala de novo álbum com Ludmilla e paternidade: “Babão”

Léo Satana lança álbum com participação de Ludmilla

Divulgação/Eder Mota

Léo Santana reuniu a imprensa na tarde desta quinta-feira, 13 de janeiro, para falar do lançamento do álbum “GG Astral”, que estará disponível em todas as plataformas digitais a partir desta sexta-feira, 14 de janeiro. Aos jornalistas, o cantor baiano disse que este seu novo trabalho conta com dez músicas, sendo oito delas inéditas. Duas, aliás, vêm com clipes exclusivos: “Toma”, com participação especial de Ludmilla, e “Bregadão”, onde o cantor mistura arrocha e pisadinha, com elementos do eletrônicos e do funk, resultando em um projeto no qual ele considera “contagiante”.

À imprensa, Léo logo saiu dizendo qual música apostaria para ser o hit deste verão: “A música que eu vejo com cara de Carnaval, especificamente em Salvador, na Bahia, se caso tivesse, seria “Toma”, com a Ludmilla. Essa é uma música de massa, uma música de shows. Ela é muito viral, muito “pegajosa”, acho que ela pode dar um caldo incrível para a gente fazer uma sopa maravilhosa”, apostou.

Esta, aliás, é a segunda parceria que dos dois fazem juntos. Em 2019, Léo e Ludmilla lançaram “Invocada”, presente no álbum “Hello Mundo”. “Viramos amigos literalmente. E de lá para cá, a amizade foi só fortalecendo. Já toquei no aniversário dela, é algo que é além dos palcos, além do profissional”, contou.

Em outro momento, Léo falou sobre como é lançar um projeto em um momento em que o país atravessa uma nova onda de casos de coronavírus.

“Eu sou um artista de shows, de palco e de bilheteria. Quando eu vejo restrições, o decreto que reduziu para 3 mil o número máximo de público em eventos e estádios na Bahia, eu penso que isso pode reverberar isso em milhões. Se a gente conseguir fazer um show para essas 3 mil pessoas, e essas 3 mil pessoas divulgarem o seu trabalho ouvindo a música e respostando, você vai acumulando, vai somando e quando vê você já tem 1 milhão de pessoas. Acho que não vai me atrapalhar, ao contrário. Vai me fazer ter mais vontade de divulgar esse trabalho”, disse.

Na coletiva, Léo também revelou qual artista ainda não conseguiu firmar uma parceria musical, mas já é prioridade para os próximos projetos. “Tem a IZA. Eu estou tentando gravar com ela já há algum tempo. Queria ela para o meu DVD… mas uma hora vai bater. Ela é uma artista que eu tenho muita vontade de gravar”, contou.

Em tempo, Léo, que se tornou papai pela primeira vez em setembro do ano passado – ele tem uma menina que se chama Liz, de sua relação com Lorena Improta-, contou como tem se saído como pai de primeira viagem.

“Tô me saindo um paizão, babão demais, sinto saudades o tempo todo. Vira e mexe eu tô ligando para matar a saudade, pergunto como está. E a responsabilidade aumentou muito para mim. Eu sempre fui um cara muito responsável modéstia à parte falando. Mas agora triplicou, não sei. Tenho tido muito mais cuidado com tudo, disse.

“Está sendo incrível, já era um sonho antigo meu [ser pai], antes mesmo de ter conhecido a minha esposa, estar casando com ela. Eu sempre falo que, em meio às turbulências, vêm bençãos também. Eu me casei na pandemia, tive filho na pandemia, então é isso. Eu só tenho que dar glória a Deus e agradecer”, acrescentou o cantor.

PRINCIPAIS NOTÍCIAS:
Look de Luisa Sonza atrai olhares em show com Mumuzinho
Plateia do ‘Faustão na Band’ passa por revista contra Covid e vazamentos
Letícia Sabatella apoia desabafo de filha de Teresa Seiblitz contra André Gonçalves

Siga OFuxico no Google News e receba alertas sobre as principais notícias sobre famosos, novelas, séries, entretenimento e mais!