Nascimento às 17:29

Gal Gadot anuncia nascimento da terceira filha, Daniella

gal gadot posando com as filhas e o marido no hospital

Reprodução/Instagram

Gal Gadot é uma das atrizes mais famosas da atualidade, ficado bastante marcada por atuar como a Mulher-Maravilha nos filmes da DC Comics.

Já na vida pessoal, ela é uma supermãe, já tendo como fruto de seu relacionamento com Yaron Varsano, Maya e Alma.

Porém, a família acaba de ficar ainda maior, pois a artista de 36 anos acabou de dar à luz a Daniella, sua terceira filha.

O anúncio aconteceu por meio do perfil oficial de Gal Gadot no Instagram, que posou com a pequena no colo e os outros familiares em volta delas.

“Minha doce família. Não poderia estar mais grata, feliz e cansada. Estamos muito felizes com a chegada de Daniella na nossa família. Estamos mandando muito amor e saúde para vocês”, disse ela.

O anúncio da gravidez aconteceu em março, quando ela revelou o fato em um clique raríssimo.

“E lá vamos nós novamente”, escreveu ela como legenda. Na foto, ela está ao lado do amado e das filhas, os três encostando na barriga dela.

Posteriormente, a atriz de 35 anos falou durante a entrevista sobre vários temas antes de comentar sobre sua vida pessoal.

Ao ser questionada sobre seus planos de ampliar a família, ela disse que espera sua terceira filha.

Gal Gadot posta mensagem de apoio a Israel durante conflitos no país

Gal Gadot é conhecida por interpretar a Mulher-Maravilha nas telonas do cinema dentro do universo de quadrinhos da DC. Além disso, a atriz também é lembrada por ser bastante ativa em ações acerca da situação de conflito armado e civil-militar que ocorre entre Israel e Palestina, uma questão de disputa geopolítica que já ocorre há anos.

Isto porque Gal é israelense e se declara abertamente sionista (pessoa que defende a criação de um Estado próprio para os judeus dentre a área da Palestina). Em maio, a famosa escreveu uma mensagem de suporte para sua nação, após um novo cenário de caos se instalar em Jerusalém devido o ataque a um prédio de 13 andares em Gaza, criando novamente um maior quadro de violência entre israelenses e palestinos.

“Meu coração está quebrado. Meu país está em guerra. Eu estou preocupada com minha família, meus amigos. Estou preocupada com meu povo. Isso é um círculo vicioso que está indo muito longe e por muito tempo. Israel merece viver como uma nação livre e segura, e nossos vizinhos merecem o mesmo. Eu rezo pelas vítimas e suas famílias, eu rezo para essa inimaginável hostilidade acabar, eu rezo para que nossos líderes encontrem uma solução para que nós possamos viver lado a lado em paz. Eu rezo por dias melhores.”