Nascimento às 22:22

Kourtney Kardashian e Travis Barker respiram aliviados, após nascimento do filho

Kourtney Kardashian, Travis Barker
Kourtney Kardashian, Travis Barker / Reprodução / Instagram /@kourtneykardashian

Depois dos boatos de que Kourtney Kardashian e Travis Barker deram as boas-vindas ao seu primeiro bebê juntos, na semana passada, uma fonte revelou à revista “People”, detalhes sobre o nascimento do quarto filho da irmã de Kim Kardashian. Finalmente o casal está com seu filho nos braços, mas segundo uma testemunha, embora eles estejam ‘nas nuvens’ agora, o final de sua gravidez foi muito “estressante”, e eles lutaram para salvar o bebê.

“A gravidez dela tomou um rumo estressante, mas agora ela está feliz por poder aconchegar seu filho”, conta o informante.

Kourtney ficou ‘aterrorizada’ quando os médicos disseram que para salvar a vida do filho, ele precisava passar por uma cirurgia ainda no ventre, o que para ela foi uma experiência muito difícil e assustadora.

Nem a empresária e nem o baterista do Blink-182 revelaram com detalhes, que tipo de cirurgia foi realizada ao bebê e por que ele corria riscos.

Outra fonte afirma que ela deve dar mais detalhes da situação que eles viveram, na próxima temporada do reality show “The Kardashians”, e que hoje já ‘respiram aliviados’ com o filho no colo.

Kourtney já era mãe de três filhos com o ex Scott Disick: Mason, 13, Penelope, 11 e Reign, de oito.

Enquanto isso, o baterista divide o filho Landon, 20, a filha Alabama, 17, e a enteada Atiana, 24, com a ex-esposa Shanna Moakler.

Kardashian e Barker ainda não comentaram sobre o nascimento de seu filho recém-nascido nas redes sociais, mas comenta-se que o nome pode mesmo ser Rocky 13 Barker, como o roqueiro confirmou esta semana.

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Kourtney Kardashian Barker (@kourtneykardash)

Cirurgia delicada

Kourtney Kardashian chegou a agradecer os médicos que a atenderam por salvarem a vida do seu filho. Ela contou que após um exame de ultrassom descobriram que algo estava errado com o desenvolvimento do bebê e por isso a cirurgia era de emergência.

Ela escreveu: “Serei eternamente grata aos meus incríveis médicos por salvarem a vida do nosso bebê. Sou eternamente grata ao meu marido que correu para o meu lado depois da turnê para ficar comigo no hospital e cuidar de mim depois, minha rocha. E à minha mãe, obrigado por segurar minha mão durante isso”, disse.

“Como alguém que teve três gestações muito fáceis no passado, não estava preparada para o medo de me apressar para uma cirurgia fetal urgente. Não creio que alguém que não tenha passado por uma situação semelhante possa começar a compreender esse sentimento de medo. Tenho uma compreensão e um respeito totalmente novos pelas mães que tiveram que lutar pelos seus bebés durante a gravidez”, explicou.

“Louvado seja Deus. Sair do hospital com meu filho na barriga e seguro foi a mais verdadeira bênção.”

Notícias Relacionadas