No Limite às 23:57

No Limite: Arcrebiano sente a disputa, pede para ser votado e é o 5º eliminado

Reprodução TV Globo

Excepcionalmente nesta segunda-feira (07) aconteceu a exibição do quinto episódio de “No Limite 5”. Após perderem a Prova da Imunidade, a tribo Calango precisou eliminar um de seus participantes. Assim como aconteceu com Lucas Chumbo, Arcrebiano também sentiu que estava no seu limite e pediu para ser votado. Com isso ele foi o quinto eliminado do reality.

O programa começou mostrando as tribos se preparando para mais um dia de disputas. Paula e Íris ainda reclamavam da tática errada que usaram na Prova da Imunidade passada. A mineira também se queixou que as mulheres não são tão ouvidas dentro do grupo.

“E isso não é só aqui dentro”, lembrou ela.

“Hoje tem um prêmio grande. Vai ser complicada, mas vai ter um peso grande que vai sair de lá”, contou Kaysar após fazer mais uma leitura na borra de café.

Prova do Privilégio

“As tribos vão ser divididas em pares. Dois integrantes de cada vez, vão pegar uma bola, equilibrar em dois troncos de bambu e atravessar com essa bola até o final do circuito. Primeiro vão passar por cima da trave. Depois, na parte mais alta, vão passar por baixo da trave. Depois vão ter que passar pela cama de gato. Depois vão se equilibrar em cima de uma trave carregando a bola até chegar no final e colocar a bola na canaleta. Voltam pelo meio do circuito, entregam os bambus para a próxima dupla e assim sucessivamente.

Se a bola cair no meio do circuito, vocês pegam a bola e voltam no circuito onde vocês começaram. Terão que colocar 6 bolas na canaleta. Depois um atirador vai ter que arremessar essas bolas no cesto. Vence quem conseguir acertar 3 bolas nos cestos”, explicou André Marques.

A tribo vencedora ganharia dois tapetinhos, arroz, feijão, frango, banana e doce de leite. Os perdedores levariam laranja, arroz, grão de bico e sardinha. Além disso, os campeões teriam um prêmio especial: um luau, com churrasquinho completo, cerveja gelada e um show de Wesley Safadão.

Na prova, Calango colocou as 6 bolas primeiro na canaleta e, com arremessos certeiros de Arcrebiano conseguiram colocar as 3 bolas primeiro no cesto e venceram a prova.

Prova do Privilégio

Na volta, a tribo Carcará analisava onde erraram, mais uma vez. Viegas deu a sugestão de Paula assumir o comando como capitã do grupo e organizar os integrantes na prova. Zulu discordou e não achou que isso seria necessário.

“Estão querendo procurar chifre na cabeça de porco”, reclamou o lutador.

Para não ficar pra trás e animar o grupo, Elana improvisou uma festa a sua maneira, cantando, dançando e comendo o que tinham à disposição.

Por outro lado, a tribo Calango se esbaldou comendo um churrasco completo e show ao vivo de Wesley Safadão no luau.

“Pra mim foi o melhor momento no No Limite até agora”, disse André.

Antes de terminar a festa, os participantes ensinaram a dança do calango para o músico. E eles estavam absolutamente empanturrados de tanta comida e se ‘arrastaram’ para voltar ao acampamento.

Antes da Prova da Imunidade, Kaysar leu mais uma vez a borra do café.

“Abaixar para termos humildade, porque ganhamos duas provas”, revelou.

Wesley Safadão faz show para tribo Calango

Prova da Imunidade

“Já ouviram a expressão ‘vai catar coquinho’? Vocês vão ter que catar cocos em nosso campo de batalha. Primeiro, apenas um integrante de cada tribo terá que pegar a vara de bambu e pescar 4 molhos de chaves. Depois ele vai passar esses quatro molhos de chave para outro integrante do grupo abrir as cestas. Só depois, toda a tribo tem que buscar os cocos atravessando por dentro das traves de bambu, pegar os cocos e trazer. Eles tem cor diferentes e ter que ser colocados nos cestos correspondentes até os cocos acabarem.”

Os vencedores levariam feijão, farinha de mandioca, toucinho, abóbora, beterraba, macarrão, leite em pó, café, açúcar, carne e grão de bico. Os perdedores teriam legumes, carne, feijão, açúcar, leite em pó e batatas. E teria também outro prêmio especial: um grande café da manhã, daqueles no estilo o que são oferecidos em hotéis.

Na tribo Carcará, Viegas seria o responsável por pescar as chaves e Paula por abrir os cestos. No Calango, Arcrebiano seria o pescador e Kaysar abriria os cestos, porém no meio da prova, ele acabou quebrando a chave dentro de um dos cadeados e, com isso, perderam a prova. Vitória da Carcará.

“Me senti chateado comigo mesmo. Precisava ter mais delicadeza, coisa que eu não tenho. Mais paciência, que eu também não tenho muito. Acabei quebrando a chave”, lamentou o Sírio.

“Precisavam de uma delicadeza um pouco mais”, comentou Carol Peixinho

Na volta para o acampamento, a tribo Carcará ficou eufórica com o café da manhã que ganharam. Todos aproveitaram bastante. Do outro lado, Kaysar continuava muito chateado por ter quebrado a chave fazendo sua equipe ser derrotada. Jéssica chorou e disse estar excluída e ameaçada de ser votada pelo grupo.

Arcrebiano reclamou com Kaysar que a cabeça dele não estava boa e não aguentando mais. Ele deixou a entender que queria deixar o programa. André e Kaysar tentaram fazer com que o ex-BBB21 mudasse de ideia.

“Olha a besteira que você vai fazer?”, questionou Carol.

Kaysar quebra a chave do cadeado

Votação

No portal novamente, após vencer duas provas seguidas, a tribo Carcará teria que escolher um dos seus integrantes para deixar a disputa. Eles seguiram o pedido do companheiro e, com 4 votos, Arcrebiano foi o eliminado da semana.

“Fiz o meu papel. Errei, acertei e aprendi muito com eles. Gosto muito de competição e dei meu máximo em cada prova. O perrengue é pesado e não sabia que era tanto assim. Cheguei no meu limite”, disse ele.