Imprimir

Notícias

22/09/2019 | 10h05m - Publicado por: Esther Rocha | Foto: Fotomontagem / Instagram

A ONG de Marta e histórias de famosos apaixonados por animais

A jogadora que brilha como camisa 10 da seleção brasileira vai se dedicar ao acolhimento de animais abandonados. Outros famosos como Rita Lee, Fernanda Gentil e Malu Mader também apoiam causas semelhantes.

A ONG de Marta e histórias de famosos apaixonados por animais - Fotomontagem / Instagram

Natural de Dois Riachos, no Sertão de Alagoas e famosa em todo o mundo, Marta Vieira da Silva não limita suas conquistas aos gols marcados pelo time norte-americano Orlando Pride, onde joga atualmente, ou ao posto de camisa 10 e artilheira da Seleção Brasileira de Futebol Feminino. Longe dos gramados ela investe seu tempo, dinheiro e energia na construção de um abrigo para cães e gatos abandonados que está construindo em sua cidade natal.

Recentemente, Marta anunciou a novidade através de sua página no Instagram, depois de saber que o número de animais de rua aumenta cada vez mais em sua cidade.

“Estou sabendo, através de amigos, que já têm pessoas abandonando os animais na rua, por conta disso. Na verdade, a minha iniciativa é totalmente o contrário, com relação a isso. É justamente pra conscientizar as pessoas que os animaizinhos precisam de um lar, que estamos com essa construção pro gato, cachorro, enfim... Então, gente, por favor, você que tem o seu, não abandone na rua. Primeiro porque eu não vou ter espaço pra todos e segundo porque eles são anjos que nos dão amor sem pedir nada em troca. Pensem nisso”,  escreveu nossa craque.

Dona dos cachorros Zoe e Zeca, Marta informou que seu projeto está em fase de construção e ainda não tem data definida para ser inaugurado.

“A gente está fazendo aos pouquinhos, mas com fé em Deus a gente vai acabar em breve”, explicou.

Mas as ações de nossa craque já começaram há tempos e no início deste mês de setembro, ela acolheu um novo mascote após visitar um abrigo de animais em Orlando, nos Estados Unidos, onde vive.  O animal foi acolhido temporariamente, num dia em que todos viviam a expectativa da passagem do furacão Dorian, pela região. Além de dar abrigo ao animal, ela fez questão de usar suas redes sociais para alertar, que nesses dias de expectativas e incertezas em relação ao tempo, cães e gatos não podem ficar sozinhos em abrigos e usou sua popularidade para incentivar outras pessoas a fazerem o mesmo.

Sentindo na pele

Há tempos conhecida por suas campanhas protagonizadas por artistas de todas as áreas e marcadas pelo bom gosto, a AMPARA Animal (Associação das Mulheres Protetoras dos Animais Rejeitados e Abandonados) foi fundada em agosto de 2010 com o objetivo de transformar a realidade de Cães e Gatos desamparados no Brasil trabalhando com valores como: conscientização, distribuição de alimentos, atendimentos veterinários e castrações.

A Ampara tem como madrinha a atriz, modelo e apresentadora Fiorella Mattheis e conta com o apoio de personalidades como Paolla Oliveira, Bruno Gagliasso, Ellen Jabour, Cleo Pires, Junior Lima, Sabrina Sato, entre outros.

Este ano a AMPARA ganhou grande destaque na mídia com sua exposição Sinta na Pele. O intuito da mostra é fazer com que as pessoas se coloquem no lugar dos animais para que, assim, vivenciem o descaso e negligência vividos por cães, gatos e animais silvestres, entre outras espécies.

Com o apelo de chocar o público invertendo a realidade e os papéis entre humanos e animais Ellen Jabour, Luan Santana, Bruno Gagliasso, Giovanna Ewbank, Fernanda Paes Leme, João Vicente de Castro, Thaila Ayala, Laura Neiva, Fiorella Mattheis, José Loretto, Lea T, 

Fernanda Tavares e Rômulo Arantes Neto posaram para as lentes do fotógrafo Jacques Dequeker representando animais maltratados. A proposta da ação é causar incômodo, reflexão e fazer com que as pessoas se coloquem no lugar dos animais.

A Dinda Vivi Guedes

Dona dos cães Marley, Chopp, Perninha e Sabrina, Paolla Oliveira empresta sua popularidade para atuar como madrinha da ONG Paraíso dos Focinhos, localizada no Rio de Janeiro.

Fundada em 2012 a instituição atua no resgate, proteção, cuidados e amor para cães e gatos de rua. Abriga cerca de 270 animais, com histórico de violência, maus tratos, zoofilia e abandono.

Além de estar sempre disponível para gravar vídeos pedindo apoio e doações para a entidade, Paolla frequentemente participa de ações filantrópicas, como pintar vasos para serem vendidos no bazar, postar mensagens de apoio em suas redes sociais e fazer doações para a manutenção do lugar.

Projeto dos sonhos

Filha de um amante dos animais, Thaila Ayala herdou de seu pai o amor pelos animais. Há anos a atriz é engajada em causas voltadas aos cuidados com bichos de todas as espécies. Ela sonha ir mais além. Em entrevista para o portal da Rede Globo falou sobre o tema.

“Eu cresci convivendo com bichos. Meu pai tirava todos da rua e levava pra casa, então, aprendi o que era amor sem pedir nada em troca. Meu sonho nem é ter minha própria ONG. Quero ter um pedaço bom de terra para tirá-los da rua. Se Deus quiser, isso vai acontecer.”

Abaixo Assinado

Em junho deste ano os atores Mateus Solano, Jacqueline Sato, Thaila Ayala e Sérgio Marone se encontraram com a então procuradora-geral da República, Raquel Dodge para entregar uma carta aberta contra o que chamam de  "medidas que colocam em risco nossa biodiversidade, nossa cultura, a saúde e o bem-estar das pessoas" por parte das medidas adotadas pelo presidente Jair Bolsonaro.

O documento também contou com assinaturas de Glória Pires, Taís Araújo, Lázaro Ramos, Alinne Moraes, Dira Paes, Marcelo Serrado e Malu Mader, entre outros.

Dentre os pontos questionados pelos artistas estão a preservação da natureza e dos animais.

Diz o texto da carta: “O Brasil é um país com uma natureza singular. Somos o mais rico em biodiversidade do mundo. Só para citar alguns exemplos, em nosso país podem ser encontrados quase um quarto de todos os peixes de água doce do mundo, além de 16% das aves e 12% dos mamíferos. Cerca de 20% de todas as formas de animais e plantas conhecidas são registradas no Brasil. O Brasil possui mais de 55% de cobertura vegetal nativa e 15% da água doce do planeta. O potencial para o descobrimento de novos compostos e moléculas oriundas da nossa fantástica biodiversidade está ainda por ser entendido e devidamente explorado, e por tudo isso somos imensamente privilegiados quando comparados a outros países do mundo.

A carta foi protocolada na Procuradoria e Dodge se comprometeu a apurar os casos denunciados e firmar uma parceria com os artistas para impedir o enfraquecimento da proteção ambiental.

A ativista e a roqueira

Completamente dedicada à proteção dos bichos Luisa Mell é sinônimo de dedicação e ação no trabalho de regaste de animais feridos ou expostos à condições precárias. Fundado em fevereiro de 2015, o Instituto que leva seu nome atua no resgate de animais feridos ou em situação de risco, recuperação e adoção. O lugar conta com um abrigo povoado por uma média de 300 animais, entre cães e gatos, todos resgatados das ruas.

Além do abrigo, A ONG de Luiza trabalha na educação de crianças e adultos sobre a importância de cuidar do meio-ambiente e respeitar a natureza e os animais, fiscaliza os órgãos públicos no cumprimento da
Lei e denunciar crimes de maus-tratos ou qualquer outro previsto na Lei 9.605/98, Artigo 32

“A relação de minha família com os animais começou em uma feira de adoção, em São Bernardo. Pegamos uma vira-lata muito doente, que está conosco até hoje! Virou amor pra vida toda”, afirma Luisa.

Recentemente, a ativista se juntou a roqueira Rita Lee para contar em seu livro Amiga Ursa - Uma história Triste, a história da ursa Rowena que amargou 40 anos de maus tratos em circos e zoológico na cidade de Teresina (Piauí) até ser resgatada por Luiza em setembro 2018 e levada para o Rancho dos Gnomos, um paraíso ecológico na Serra da Mantiqueira, dedicado ao bem-estar da fauna silvestre, exótica, nativa, doméstica e domesticada por meio de sua preservação, conservação, recuperação e propagação da educação ambiental. Lá, a ursa que se chamava Marsha, foi rebatizada como Rowena, que significa Recomeço. Nesse lugar ela viveu até 24 de julho quando morreu em consequência de um tumor ovariano.





Notícias Relacionadas



Instagram

Instagram

  • @bryanadams embalou os casais apaixonados com o hit (Everything I Do) I Do It For You, no @allianzparque em São Paulo.
  • Have You Ever Really Loved a Woman, hit de @bryanadams, não ficou de fora da apresentação do canadense no @allianzparque em São Paulo!
  • @bryanadams encantou o público do @allianzparque, em São Paulo, ao som do hit #Heaven! 😍💞
  • Gugu Liberato mostra a filha com o braço machucado e brinca: 'A primeira fratura a gente não esquece'
(Via Instagram @guguliberato)
  • @marinaruybarbosa saiu com o seu prêmio de Artista de TV Feminina do Meus Prêmios Nick e, simpática, mandou um recado para o #OFuxico
@nickelodeonbr #MPN20ANOS
  • À espera de Léo, #MariliaMendonça já apelidou o bebê de leãozinho e cantou em homenagem a ele. A artista ainda mostrou itens do enxoval. 📽 @mariliamendoncacantora
  • Com um look todo pink, @larissamanoela mandou um fofo recado para #OFuxico, durante o Meus Prêmios Nick. Veja!
#MPN20ANOS @nickelodeonbr

OFuxico