Imprimir

Notícias

25/10/2020 | 13h27m - Publicado por: Flávia Almeida | Foto: Reprodução TV Globo

Acusado por cinco mulheres, Marcius Melhen nega abusos sexuais

Marcelo Adnet fez post em apoio às vítimas

Acusado por cinco mulheres, Marcius Melhen nega abusos sexuais - Reprodução TV Globo

Demitido da Globo, em dezembro do ano passado, após acusações de assédio sexual, feitas em agosto por cinco mulheres, Marcius Melhem foi, pela primeira vez, exposto por cinco das supostas vítimas. Por meio da advogada Mayra Cotta, as funcionárias da Globo, em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo, detalharam como o ator e diretor usava seu poder hierárquico para constrange-las.

Ele, que era responsável pelo departamento de humor da emissora, teria tentado agarrar e beijar à força um grupo de atrizes, além de enviar mensagens inconveniente para os seus alvos.

"São seis vítimas de assédio sexual e seis testemunhas. Há vítimas de assédio moral. E há um grupo de apoio a elas, de mais de 30 pessoas”, disse a advogada..

A representante destacou à coluna de Mônica Bergamo que as atrizes eram isoladas e impedidas de aceitar outros projetos.

Sem Marcius Melhem, Nova Escolinha não terá Seu Boneco

"Criava um ambiente de trabalho tóxico. As pessoas se sentiam presas, sem conseguir se livrar daquilo. E Ele usava situações de trabalho para tentar agarrá-las à força, inclusive usando de violência, de agarrar, as colocar contra a parede, tentar beijar à força. Isso é bastante violento".

A advogada afirmou que não se tratava de paixão ou uma tentativa de flerte. Ela reforçou que a situação era extrema.

"A linha foi cruzada, a zona cinzenta ficou a quilômetros de distância. Foram casos de assédio sexual mesmo. De mulheres falando não, não quero, me solta. Não vou beijar, não vou ficar com você. E ele tentando, agarrando. Não tem zona cinzenta, isso é violência. E aí tem algo muito sério. Ele era chefe delas", pontuou.

Reações na web

Logo que as denúncias de assédio vieram à tona, Dani Calabresa foi apontada como uma das atrizes insatisfeitas. Ela contudo, negou que teria reclamado formalmente sobre o comportamento do ator à Globo.

Dani fez uma postagem na web, na noite de sábado, que foi interpretada por internautas como um desabafo.

“Fazer o certo exige coragem”, escreveu, legendando um pensamento que dizia “os inícios só acontecem quando você arrisca. Vai sem medo e se o medo bater, vai assim mesmo”

Ex-marido de Calabresa, Marcelo Adnet saiu em defesa das vítimas, em um post no Twitter.

“Sobre a matéria de Mônica Bergamo na Folha de SP: todo meu apoio e solidariedade às vítimas!”, escreveu.

Melhem se defende

Diante da publicação, o ator voltou a negar que tenha praticado qualquer tipo de abuso. Em postagens no Twitter, na noite de sábado (24), Marcius afirmou que saiu da Globo, após 17 anos de casa, "pela porta da frente".

"Como escrever uma nota pra comentar acusações dessa gravidade? Culpados e inocentes dizem a mesma coisa: sou inocente; vou provar na justiça. Por isso qualquer coisa que eu diga pode soar falsa de cara”, iniciou.

“Mas preciso falar e com o tempo mostrar minha sinceridade no que vou dizer aqui. Estou disposto a reconhecer meus erros, pedir desculpas e, se possível, reparar pessoas que eu tenha de qualquer forma magoado. Quero enfrentar isso com verdade e humanidade e me expor se for preciso”, escreveu.

Melhem enfatizou que sempre gritou contra o preconceito e, para isso, usa a sua profissão.

“Fazer jus a todos esses anos em que pautas como as do feminismo foram abraçadas pelo humor transformador em que eu acredito. Fiz parte de um grupo de homens e mulheres que se orgulha de usar o humor como um instrumento contra o preconceito.”

“Mas mesmo abraçando profissionalmente a causa feminista, ainda combato o machismo dentro de mim, erro, posso ter relações q magoem. Tento melhorar e aprender. E queria muito falar sobre isso. Mas diante de acusações tão graves q de forma alguma cometi, o q eu posso fazer? Negar.”

O ator afirmou que não tem nada a esconder.

“Eu coloco à disposição toda minha comunicação que tenho arquivada, com qualquer pessoa que tenha trabalhado ou se relacionado comigo nesses anos. Peço que apurem a verdade e não apoiem mentiras.

Ele destacou que precisou sair do país para cuidar da saúde da filha, rebatendo acusações de que teria fugido.

"Há alguns meses, tive que sair do país para um importante tratamento médico de minha filha e não acreditei quando essa viagem passou a ser divulgada como uma fuga.”

Ele garantiu que jamais praticou alguma violência especialmente contra mulheres.

"Até hoje fiquei calado porque as acusações não apareceram aqui fora. No compliance da Rede Globo, tudo foi apurado e investigado rigorosamente. Saí pela porta da frente da emissora que trabalhei por 17 anos. Então quero que tudo seja colocado às claras, expor a minha inocência e os meus erros. Quero poder pedir desculpas e cobrar responsabilidades. Vou em busca da verdade", finalizou.

Adnet sobre Marcius Melhem: “Minha opinião é da dúvida”
Marcius Melhem se pronuncia após afastamento da TV Globo

Marcius Melhem se defende de acusações de abuso

 

Marcius Melhem e post de defesa





Notícias Relacionadas

20/08/2020 | 15h50m - Raphael Araujo

Sem Marcius Melhem, Nova Escolinha não terá Seu Boneco

18/08/2020 | 08h30m - Marcelo Mendes Barroso

Adnet sobre Marcius Melhem: “Minha opinião é da dúvida”

15/08/2020 | 11h32m - Caroline Huertas

Marcius Melhem deixa a Globo e Silvio de Abreu o substitui



Instagram

Instagram

OFuxico