Imprimir

Notícias

19/03/2020 | 00h02m - Publicado por: Raphael Araujo | Foto: Grosby Group

Amber Heard confessa em áudio ter agredido Johnny Depp

Atriz admitiu ter batido porta na cabeça e dado tapas no ator

Amber Heard confessa em áudio ter agredido Johnny Depp - Grosby Group

A guerra entre Amber Heard e Johnny Depp está longe de acabar, e conforme o tempo vai passando, novas informações vão chegando ao público. Em mais um novo capítulo, as coisas ficaram um tanto tensas para o lado de Heard, pois vazou um áudio da mesma admitindo ter machado Depp, chegando a bater uma porta em sua cabeça e lhe dando um tapa.

Divórcios milionários! As separações mais caras dos famosos!

O áudio, que foi divulgado pelo Daily Mail, mostra uma conversa entre o ex-casal, que ficou junto de 2012 a 2016 (com o casamento vindo a ocorrer em 2015).

"Eu então levantei, eu nem sei o que falei, quer dizer, devo ter dito algo como, 'que m*** é essa?', você sabe. Porque você tinha acabado de me acertar na cabeça com a maldita porta. Então eu levantei e você me acertou", declarou Depp.

Casamento relâmpago! Os casórios mais curtos dos famosos!

"Eu apenas reagi e peço desculpas", respondeu ela, afirmando que não queria ter acertado a porta no antigo amado.

Ainda de acordo com o veículo, o áudio foi tocado pelos advogados do astro de Piratas do Caribe durante uma audiência do divórcio em 2016, com AMber afirmando aos próprios advogados que a gravação deturpou a realidade.

“Quero dizer, ele era muito dramático com tudo”, afirmou ela.

Johnny Depp e Amber Heard travam guerra na Justiça

Vale lembrar que o pedido de divórcio veio à público em 2016, em meio a acusações de violência doméstica por parte da atriz contra o ex, que conseguiu inclusive uma ordem judicial que o impedia de se aproximar dela.

O divórcio foi assinado no início de 2017, com Heard ganhando parte da fortuna que o ator tinha na época.

Vaza áudio polêmico entre Amber Heard e Johnny Depp

Desejo de Depp em afogar e queimar Heard

 

No capítulo anterior desta briga entre os artistas consisitia em uma publicação do jornal The Standard, na qual algumas mensagens de texto do ator falando de sua ex-esposa foram levadas ao tribunal e lidas durante uma sessão.

Nos registros, Depp está conversando com Paul Bettany em 2013 e diz que quer queimar e afogar Heard, quando eles ainda estavam juntos. 

Amber Heard está saindo com fotógrafa de 38 anos

"Vamos queimar Amber", escreveu ele e, mais tarde, ainda mandou: "Vamos afogá-la antes de queimá-la! Eu vou f*der seu cadáver queimado depois, para ter certeza de que ela está morta". 

Além desta mensagem, há uma outra em que o artista comenta sobre um incidente que ocorreu já em 2014, durante uma viagem de avião, quando ele estava alcoolizado e teria gritado, dado um tapa na cara, chutado e atacado uma bota em Amber Hear.

Pai de Amber Heard teria tentando matar Johnny Depp. Entenda!

"Vou parar mesmo a coisa da bebida, querido. Bebi a noite toda antes de pegar a Amber para voar para Los Angeles, no domingo passado. Foi feio, companheiro. Nada de comida por dias, depois meia garrafa de uísque, milhares de energéticos com vodka, remédios, duas garrafas de champagne no avião... E o que ganho? Um machucado agressivo em uma p*rra de apagão, gritando obscenidades e insultando qualquer pessoa que chegasse perto... para mim, já deu! Eu admito que sou f*dido da cabeça para brigar com quem eu amo", tinha dito ele na ocasião, também para Paul Bettaney. 

A primeira acusação de agressão contra Johnny Depp foi feita em 2015. Depois disso, o ator resolveu processar Amber Heard, alegando que também sofreu agressões feitas por ela. 

Justiça pode pedir exame de sanidade mental de Johnny Depp
Filha de Johnny Depp atua em novo filme da Netflix
Estrela de Johnny Depp na Calçada da Fama é vandalizada





Notícias Relacionadas



Instagram

Instagram

OFuxico