Imprimir

Notícias

09/07/2020 | 09h00m - Publicado por: Miguel Arcanjo Prado | Foto: Reprodução/Instagram

Ana Cañas canta Belchior em live e para de fumar por gata

Cantora fez promessa para deixar cigarro e arrecadou verba para live em vaquinha

Ana Cañas canta Belchior em live e para de fumar por gata - Reprodução/Instagram

Uma charmosa gatinha chamada Portelinha é a maior incentivadora da cantora Ana Cañas nesta quarentena. A bichana, que foi resgatada pela artistas nas ruas, vem ajudando sua dona nos ensaios da live Ana Cañas Canta Belchior, que será nesta quinta (9), às 21h, no canal da artista no YouTube. Além disso, foi por conta da gata que a cantora decidiu parar de fumar.

A gatinha foi resgatada em um papelão com apenas dez dias de vida. Logo, virou a rainha do lar de Ana Cañas. Foi por conta de um sumiço da gata dentro de casa que Ana resolveu fazer a promessa de parar de fumar se a reencontrasse. “Ela estava enrolada num pijama, dentro do armário. Eu fiz promessa a São Francisco de Assis se ela reaparecesse. Completo 20 dias sem fumar”, comemora em conversa com o jornalista Miguel Arcanjo Prado para OFuxico.

Diante da falta de patrocínio para a live, Ana Cãnas fez uma vaquinha virtual com os fãs, para viabilizar o show digital que será transmitido de sua própria casa, em São Paulo. A campanha já conseguiu arrecadar R$ 26 mil para pagar os profissionais envolvidos, gente que está sem trabalho com a paralisação de shows. “Fiquei muito emocionada”, afirma a cantora.

Sobre o tema da live, o disco Alucinação do compositor cearense que morreu em 2017, ela explica: “Eu amo o Belchior profundamente”. Para Ana, fazer a live é um modo de jogar holofote para a importante obra deixada pelo artista que não é valorizado como deveria. “Belchior é um dos maiores artistas da nossa história, sua poesia me emociona de uma forma avassaladora”, define.

No último Carnaval, Ana Cãnas viveu um momento emocionante ao cantar a mais conhecida canção composta por Belchior, Como Nossos Pais, imortalizada por Elis Regina, no alto do trio elétrico do bloco Acadêmicos do Baixo Augusta, que arrasou 1 milhão de foliões na rua da Consolação, em São Paulo, em tempos que ainda eram possíveis aglomerações.

Sobre a falta de patrocínio de empresas para sua live, Ana Cañas só tem a lamentar. “Soubemos que Fafá de Belém, Elza Soares e Ângela Ro Ro também passaram por dificuldades. Tenho certeza que falta responsabilidade social por parte das empresas”, conclui. 

Se falta responsabilidade social nos grandes empresários deste país, Ana tem de sobra. Nesta quarentena, ela integrou movimentos sociais que distribuíram cestas e roupas a pessoas em situação de vulnerabilidade nas ruas e bairros da periferia paulistana.

“É necessário conhecer todas as realidades sociais, o desenvolvimento da empatia vem de ações e práticas nesse lugar”, ensina. E lembra: “Pessoas em situação de rua são como todos as outras, como nós mesmos, só que passam, num devido momento, por essa vulnerabilidade”.

Ana Cañas se apresenta em São Paulo com ingressos lotados


 





Notícias Relacionadas



Instagram

Instagram

OFuxico