Imprimir

Notícias

31/07/2020 | 20h46m - Publicado por: OFuxico | Foto: Reprodução/Instagram

Apesar de ferida, Kris Jenner ama e apoia o genro Kanye West

A matriarca da família Kardashian-Jenner quer que o rapper aceite sua ajuda...

Apesar de ferida, Kris Jenner ama e apoia o genro Kanye West - Reprodução/Instagram

Apesar de estar com problemas de comunicação com o genro Kanye West após uma série de acusações e provocações contra ela pelo Twitter, a sogra do rapper, Kris Jenner, ainda apoia o marido da filha Kim Kardashian.

Segundo o jornal Mirror, Kris ainda está disposta a ajudar Kanye se ele permitir e aceitar sua ajuda, embora esteja bastante machucada pelas coisas que ele disse nas redes sociais.

O rapper de 43 anos descreveu a mãe da estrela de Keeping Up With The Kardashians como 'Kris Jong-Un', em referência ao líder supremo  norte-coreano e compartilhou alguns prints de mensagens respondidas enquanto estava nas redes sociais em que falava contra sua esposa Kim Kardashian.

Kanye West faz posts estranhos e diz que Kim quer interná-lo

Uma fonte contou ao diário inglés que a matriarca de 64 anos, que sempre considerou Kanye como seu filho desde a morte de sua mãe Donda, defendeu Kim, mas disse que 'ainda ama Kanye' e o apoiará quando ele estiver disposto a aceitar sua ajuda.


O informante, que é uma pessoa próxima às Kardashians, disse também à revista HollywoodLife que 'Kris está apoiando Kim totalmente e não sai de seu lado desde o incidente':

"Ela estende isso a Kanye, se ele aceitar. Kris não se afastou de Kim durante toda essa situação com Kanye", justifica.

Polêmicas

Nas últimas semanas, Kanye West chamou a atenção após fazer uma série de postagens polêmicas no Twitter, principalmente ofendendo a sogra, Kris Jenner, e a esposa, Kim Kardashian.

O rapper as chamou de supremacistas brancas, além de dizer que queria se divorciar, acusar a socialite de tê-lo traído e dizer que elas queriam interná-lo a força, entre outros comentários que deram o que falar.

Na sequência, Kim foi em seu Instagram pedir empatia e compaixão pelo marido, afirmando que ele sofre de transtornos bipolares, o que o próprio Kanye também tinha revelado há pouco tempo.

Kanye West ataca Kim e fala em divórcio: 'Supremacia branca'

E como muitos fãs não sabiam disso, mesmo com o reality show Keeping Up With The Kardashians, em tese, mostrando tudo da vida da Família?

Bem, porque Kris Jenner excluía todas as cenas comprometedoras dos 'surtos' de Kanye West. Ele sempre tinha explosões e acessos de raiva por conta do distúrbio, mas nunca era mostrado no programa, pois a sogra protegia a imagem de seu clã e mandava deletar tudo antes da edição final.

O discurso provocativo que o marido de Kim Kardashian teve em sua rede social não foi a primeira vez, acontecendo muitas outras pessoalmente também.

Jenner impedia que vazasse ao público e à mídia todo esse comportamento errático do genro para não atrair uma atenção desnecessária para a vida dela e de suas filhas.

A informação foi dada por uma fonte próxima à família ao jornal The Sun, que alegou também que ele tinha dado declarações políticas bastante extremistas em frente a equipe do KUWTK, além de contar problemas familiares e assuntos pessoais.

Kris Jenner escondeu cenas polêmicas de Kanye West em KUWTK


"Kanye tem feito esses comentários explosivos e provocativos nos últimos anos diante das câmeras e em torno da equipe de produção. Ele falava sobre desentendimentos com a família, raiva de pequenos problemas e opiniões políticas extremistas. Foi realizada uma entrevista completa quando o assunto foi em uma direção diferente, com Kanye falando sobre crenças religiosas, conexões com poderes superiores e diferenças dentro da família. Mas Kris não queria que esse material se tornasse público através de seus shows e queria proteger sua família. Obviamente ela estava preocupada com o impacto que isso teria no casamento de Kim e na dinâmica da família, porque esses comentários levantariam questões", declarou o informante.





Notícias Relacionadas



Instagram

Instagram

OFuxico