Imprimir

Notícias

01/12/2020 | 15h00m - Publicado por: Giovanna Prisco | Foto: Daniel Delmiro/AgNews

Após meses reclusa, Luiza Brunet caminha no Rio de Janeiro

Atriz não pareceu se importar com a presença dos fotógrafos

Após meses reclusa, Luiza Brunet caminha no Rio de Janeiro - Daniel Delmiro/AgNews

Após meses reclusa por conta da pandemia do novo coronavírus, Luiza Brunet aproveitou esta terça-feira (1) para dar uma caminhada.

A atriz foi fotografada na Lagoa Rodrigo de Freitas, no Rio de Janeiro. A artista estava usando uma camiseta preta com calça legging e tênis.

Viseira, óculos escuros e pochete deram o toque final na produção. Com fones de ouvido, Luiza não pareceu se importar com a presença dos fotógrafos.

Luiza Brunet revela abusos sexuais na infância

Luiza Brunet faz caminhada na Lagoa Rodrigo de Freitas, no Rio de Janeiro

Luiza Brunet comemora condenação do ex

 

Vitória! Luiza Brunet usou as redes sociais para comemorar a decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ). Por unanimidade, ele foi condenado sobre a denúncia feita por Luiza em 2016. A ex-modelo denunciou ter sofrido agressões enquanto eles estavam nos Estados Unidos, o que resultou em quatro costelas quebradas.

“Na data de ontem o Superior Tribunal de Justiça confirmou a pena do meu agressor, por unanimidade”, escreveu ela.

Luiza Brunet sobre médium João de Deus: 'Foi longe demais'

Usando camiseta e legging, Luiza não pareceu se importar com a presença dos fotógrafos

Lírio já havia sido condenado pelo Tribunal de Justiça de São Paulo, mas recorreu da decisão perdendo novamente na segunda instância em 2019. Ele apresentou um novo recurso ao STJ, que confirmou a condenação por unanimidade.

“Ele até pode insistir na interposição de recursos, como lhe faculta a lei. Mas com esse julgamento, a Justiça Brasileira reitera, de maneira contundente, que a agressão contra mulher é crime e merece reprimenda a altura, principalmente para aquele que chamou a Lei Maria da Penha de ‘leizinha vagabunda’”, escreveu Luiza.

Vida de Luiza Brunet deve virar filme

A ex-modelo chamou à atenção para a necessidade da denúncia e destacou que o agressor, independentemente da classe social, é um covarde.

“Não importa a classe social, tampouco o poder que o agressor acredite ter. No fundo, agressores de mulheres são sempre covardes. Temos sempre que acreditar na Justiça e denunciar a violência sofrida, para que outros agressores sejam condenados também, como ele foi. A luta é difícil e longa mais não vamos desistir de lutar pelos nossos direitos", disse.

Mônica Aguirre e Luíza Brunet vão a evento pelas mulheres





Notícias Relacionadas

04/12/2020 | 11h50m - Flavia Almeida

Elas venceram o câncer de colo do útero!

17/09/2020 | 13h00m - Flávia Almeida

Luiza Brunet comemora condenação do ex

10/09/2020 | 11h37m - Flávia Almeida

Luiza Brunet revela abusos sexuais na infância



Instagram

Instagram

OFuxico