Imprimir

Notícias

26/11/2020 | 10h15m - Publicado por: Luigi Civalli | Foto: Grosby Group

Autópsia do corpo de Maradona revela causa da morte

Edema no pulmão causou insuficiência cardíaca no ex-jogador

Autópsia do corpo de Maradona revela causa da morte - Grosby Group

Na noite da última quarta-feira (25), foi feita a autópsia do corpo de Diego Maradona. De acordo com informações do jornal argentino Clarín, o exame apontou a causa da morte como "insuficiência cardíaca aguda, em paciente com cardiomiopatia dilatada".

A autópsia ainda informa que a parada cardiorrespiratória foi causada por conta de um edema agudo no pulmão. O exame foi feito no Hospital San Fernando, em Buenos Aires.

Neymar sobre Maradona: 'Futebol agradece'

Segundo a publicação, a família de Maradona pediu para que os especialistas não entrassem na sala do procedimento com celulares para evitar o vazamento de fotos do corpo do ex-jogador.

A última pessoa a ver Maradona com vida foi seu sobrinho Jonatan Esposito, de acordo com uma nota divulgada pela Procuradoria Geral da República Argentina.

Famosos lamentam morte de Maradona

O Clarín ainda informou que estudava mandar o ex-jogador para uma temporada em Cuba, depois da recuperação de sua cirurgia no cérebro, já que ele estava muito ansioso e nervoso nos últimos dias. Ele já havia ido ao país no passado, quando fez uma reabilitação de sua luta contra o vício em drogas.

Mauricio de Sousa expressa carinho por Maradona com desenho

Morte de Maradona

Segundo o jornal argentino "Clarín", Maradona sofreu uma parada cardiorrespiratória. Ele chegou a ser socorrido por um de seus vizinhos em um primeiro momento, mas não conseguiu resistir.

Com a morte de um dos maiores ídolos do esporte local, o governo argentino vai decretar luto por três dias.

Maradona deixa três filhas Dalma, Gianinna, Jana e dois filhos Diego e Diego Fernando.

O velório está acontecendo na Casa Rosada, sede do governo argentino, que fica em Buenos Aires.

Maradona não vai deixar sua heranças às filhas

Cirurgia no cérebro

Maradona precisou passar por uma cirurgia para drenar uma pequena hemorragia no cérebro no início do mês de novembro. O procedimento, que durou cerca de 1h20, aconteceu em um hospital de Buenos Aires e foi bem sucedido.

Após a cirurgia, o médico particular do ídolo argentino, Leopoldo Luque, conversou com jornalistas que estavam no local.

"Foi possível evacuar o hematoma subdural crônico de maneira exitosa. Diego aguentou muito bem a cirurgia. Está acordado. Está muito bem", afirmou o médico Luque.

O técnico do Gimnasia y Esgrima foi internado na segunda-feira (2) e, após uma série de exames, os médicos identificaram um hematoma subdural. Por isso, o ídolo foi transferido para outro hospital, onde aconteceu a cirurgia.

Lionel Messi se despede de Maradona: ‘Guardo belos momentos com ele’





Notícias Relacionadas

14/12/2020 | 13h25m - Giovanna Prisco

Filha de Maradona desabafa: 'Sinto sua falta'

29/11/2020 | 12h30m - Giovanna Prisco

Morte de Maradona é investigada como homicídio culposo



Instagram

Instagram

OFuxico