Imprimir

Notícias

07/07/2019 | 22h00m - Publicado por: OFuxico | Foto: Reprodução/Instagram

Barbra Streisand acha que clonagem será comum no futuro

A cantora mandou clonar seu pet que morreu

Barbra Streisand acha que clonagem será comum no futuro - Reprodução/Instagram

O ator James Brolin, marido de Barbra Streisand disse em entrevista ao programa britânico This Morning, que acha que a decisão deles de clonar seu cachorro quando morreu, se tornará 'tão normal quanto ir a uma loja de conveniência no futuro'.

O ator de 78 anos e Barbra, de 77, tomaram a decisão de ter seu amado cachorro Samantha recriado por um laboratório na Coreia do Sul a partir de células retiradas de sua boca e estômago, antes dela morrer em 2017 aos 14 anos.

O ator de 'Life In Pieces' admite que o processo que produziu dois cães, Miss Scarlet e Miss Violet, foi 'um pouco caro' e considerado um pouco estranho.

Brolin afirmou que a cadelinha sempre acompanhava Barbra em seus shows, e quando ela morreu, a cantora ficou arrasada.

"Ela tinha ouvido falar sobre isso e, em seguida, ela perdeu o nosso cão e este era um tipo de cão bem conhecido. Ela levava para o palco e de qualquer maneira eu nunca a tinha visto tão devastada, então ela começou a falar sobre essa coisa de clonagem. [Nós pensamos] isso parece interessante e quando analisamos, evidentemente, a empresa estava tendo uma boa sorte com isso. Nós esperamos pelo filhote, e nós recebemos uma ligação no dia em que seus quatro filhotes nasceram. Temos três aqui em Londres, talvez ela os leve para sair em turnê.", afirmou o ator.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação partilhada por Barbra Streisand (@barbrastreisand) a





Notícias Relacionadas



Instagram

Instagram

OFuxico