Imprimir

Notícias

15/03/2021 | 09h50m - Publicado por: Flavia Almeida | Foto: Grosby Group

Beyoncé se consagra como a maior vencedora de Grammy na história. Veja a lista!

Cantora ganhou quatro na mesma noite e agora soma 28 estatuetas

Beyoncé se consagra como a maior vencedora de Grammy na história. Veja a lista! - Grosby Group

Uma noite para não esquecer! Assim foi o Grammy Awards 2021, realizado com toda a pompa no domingo (14), em Los Angeles, nos Estados Unidos. O evento consagrou Beyoncé como a maior vencedora da história da premiação, com 28 estatuetas. A mulher de Jay-Z recebeu nove indicações e levou quatro estatuetas este ano: melhor performance R&B, melhor clipe, melhor música de rap e melhor performance de rap.

BTS desbanca Taylor Swift e é o maior artista global de 2020

Por conta da pandemia da Covid-19 o evento teve uma cerimônia interna para grandes apresentações e uma externa, onde os prêmios principais da noite foram entregues. Algumas categorias foram entregues no intervalo para deixar mais tempo do evento principal para as apresentações.

A cantora H.E.R. ganhou o prêmio de música do ano com I Can't Breathe, título que reproduz as últimas palavras de George Floyd, antes da morte.

A noite teve apresentação do comediante Trevor Noah e shows de artistas como Billie Eilish, Dua Lipa, BTS, Harry Styles e Taylor Swift.

Os cantores Chico Pinheiro e Bebel Gilberto forma os únicos brasileiros indicados. Ele, na categoria de álbum de jazz latino; ela, como álbum de música global.

Infelizmente, nenhum dos dois faturou o prêmio.

Beyoncé dá tapa nas invejosas com look sexy e cavadão

Agostinho Carara vive

A abertura do evento contou com a apresentação de Harry Styles, que levou ao palco uma nova versão de Watermelon Sugar. O cantor virou assunto no Twitter na madrugada desta segunda-feira (15), por conta de seu look.

Os internautas não perdoaram e o compararam a Agostinho Carrara, personagem de Pedro Cardoso no extinto seriado A Grande Família.

O ex-One Direction pisou no tapete vermelho vestido com uma calça marrom, bota de bico combinando com a calça e um blazer xadrez, em tons de amarelo e verde. Mas não deixou de usar a máscara de proteção, com um detalhe: tinha a mesma estampa do blazer.

O uso da máscara foi liberado durante as apresentações dos artistas e também nos discursos.

Styles concorreu à categoria de Melhor Álbum Pop Vocal com Fine Line, mas perdeu para Future Nostalgia, da cantora Dua Lipa.

Taylor Swift rebate comentário feito em série da Netflix: 'Voltem para 2010'

Confira a lista de premiados:

Álbum do ano

 “Folklore" - Taylor Swift

 

Gravação do ano

 “Everything I Wanted" - Billie Eilish

 

Música do ano

 “I Can’t Breathe" - H.E.R.

 

Revelação

Megan Thee Stallion

 

Melhor performance solo pop

 “Watermelon Sugar” — Harry Styles

 

Melhor álbum vocal pop

 “Future Nostalgia” — Dua Lipa

 

Melhor performance de R&B

“Black Parade” — Beyoncé

 

Melhor performance de rap melódico

 “Lockdown” — Anderson .Paak

 

Melhor música de rap

 “Savage” — Megan Thee Stallion Featuring Beyoncé

 

Melhor álbum country

 “Wildcard” — Miranda Lambert

 

Melhor álbum latino pop ou urbano

“YHLQMDLG” — Bad Bunny

 

Veja os vencedores anunciados na pré-cerimônia:

Melhor performance de rock

Fiona Apple - “Shameika"

 

Melhor música de rock:

Brittany Howard - “Stay High,”

 

Melhor disco de rock

 “The New Abnormal” - The Strokes

 

Melhor álbum de música alternativa

“Fetch the Bolt Cutters” — Fiona Apple

 

Melhor performance de grupo ou duo pop

 “Rain on Me" - Lady Gaga with Ariana Grande

 

Melhor canção r&b:

“Better Than I Imagine" - (Robert Glasper featuring H.E.R. and Meshell Ndegeocello)

 

Melhor performance de rap:

 “Savage" - Megan Thee Stallion featuring Beyoncé

 

Melhor álbum de música cristã contemporânea

 “Jesus Is King” — Kanye West

 

Produtor do ano (não clássico):

Andrew Watt

 

Melhor filme musical

 “Linda Ronstadt: The Sound of My Voice” - Linda Ronstadt

 

Melhor álbum de jazz instrumental

Trilogy 2 – Chick Corea, Christian McBride & Brian Blade

 

Melhor álbum latino de jazz

"Four Questions" - Arturo O'Farrill & The Afro Latin Jazz Orchestra

 

Melhor clipe

“Brown Skin Girl” — Beyoncé

 

Disco de música global

"Twice As Tall" – Burna Boy

 

 

Veja outros vencedores anunciados na pré-cerimônia:

Melhor álbum vocal pop tradicional

“American Standard” — James Taylor

 

Melhor álbum de dance/eletrônica

“10%” — Kaytranada Featuring Kali Uchis

“Bubba” — Kaytranada

 

Veja outros vencedores já anunciados:

Melhor álbum contemporâneo instrumental - “Live at the Royal Albert Hall” — Snarky Puppy

Melhor performance de metal - “Bum-Rush” — Body Count

Melhor performance de R&B tradicional - “Anything For You” — Ledisi

Melhor álbum de R&B progressivo - “It Is What It Is” — Thundercat

Melhor álbum de R&B - “Bigger Love” — John Legend

Melhor álbum de rap - “King’s Disease” — Nas

Melhor performance country solo - “When My Amy Prays” — Vince Gill

Melhor performance country duo ou grupo - 10,000 Hours” — Dan + Shay & Justin Bieber

Melhor canção country - “Crowded Table” — Brandi Carlile, Natalie Hemby & Lori McKenna, Songwriters (The Highwomen)

Melhor álbum new age - “More Guitar Stories” — Jim “Kimo” West

Melhor álbum de jazz vocal - “Secrets Are the Best Stories” — Kurt Elling Featuring Danilo Pérez

Melhor álbum latino de rock ou alternativo - “La Conquista Del Espacio” — Fito Paez

Melhor performance de raiz americana - “I Remember Everything” — John Prine

Melhor álbum de reggae - “Got to Be Tough” — Toots & the Maytals







Instagram

Instagram

OFuxico