Imprimir

Notícias

16/08/2020 | 13h40m - Publicado por: Giovanna Prisco | Foto: Divulgação

Britto Jr sobre boatos de que teria morrido: 'Vivinho da Silva'

Jornalista fez publicação nas redes sociais

Britto Jr sobre boatos de que teria morrido: 'Vivinho da Silva' - Divulgação

Recentemente, diversas pessoas acharam que o jornalista Britto Jr. havia morrido. Porém, foi apenas um mal entendido. Na última sexta-feira (14), morreu o radialista Brito Junior, vítima do novo coronavírus.

Neste domingo (16), Britto fez uma postagem bem humorada em sua conta no Twitter para comentar sobre os boatos.

"Muitas pessoas estão me perguntando sobre notícia de que eu teria morrido. Quero esclarecer que até o momento me encontro vivinho da silva. Mas vou aguardar a agência Lupa para ter certeza. O bom jornalismo requer checagem", escreveu ele.

Britto Jr. comenta sobre boatos de que teria morrido

Britto Jr critica a Globo

 

Por meio de uma série de publicações que fez, em seu perfil oficial no Instagram, Britto Jr. criticou o jornalismo da Rede Globo.

Na frente das câmeras, ele comentou, entre outras coisas, sobre a exibição, durante o Jornal Nacional, da matéria com um depoimento sobre o assassinato de Marielle Franco.

“Como jornalista, sinto-me constrangido com o crescente baixo nível na luta pela audiência e na defesa de interesses corporativos. Todos os manuais de redação foram rasgados. Jair Bolsonaro fez live indignada direto da Arábia para rebater a notícia que o envolve no caso Marielle. Ou os veículos dão um basta neste circo de horrores, exigindo seriedade de seus programas, inclusive tirando do ar os que praticam injúria e difamação de forma aberta e irresponsável, ou a falta de credibilidade vai se voltar contra os próprios veículos. Já está acontecendo”, chegou a afirmar Britto.

“Aposta-se no ‘se colar, colou’, na manipulação de versões sobre fatos irrelevantes ou que nem ocorreram. Se acham no direito de julgar pessoas, rasgando reputações com desfaçatez. Jogam uns contra os outros e ainda brigam entre si. Isso tudo também é fake news e tem que acabar. A impunidade de sites, portais e emissoras decorre do pressuposto de que as vítimas deste tipo de assédio moral preferem não recorrer à justiça, imaginando que isso somente serviria para prolongar o assunto e piorar o massacre. Até quando?”, complementou ele.

Vale lembrar que Britto está longe das telinhas, desde 2015, quando deixou a Record TV.

Na emissora, ele foi um dos apresentadores de atrações como A Fazenda e Programa da Tarde.

Ana Paula Renault e Britto Jr trocam farpas na internet: 'Fim de carreira'
Britto Jr. dispara: ‘Eu não sou polêmico, falo verdades’





Notícias Relacionadas



Instagram

Instagram

OFuxico