Imprimir

Notícias

17/11/2020 | 09h50m - Publicado por: Juliana Picanço | Foto: Reprodução/Youtube

Bruno Gagliasso em entrevista: 'Sou um racista em desconstrução'

Ator participou de entrevista ao Fala Célio e falou de vários assuntos importantes

Bruno Gagliasso em entrevista: 'Sou um racista em desconstrução' - Reprodução/Youtube

Bruno Gagliasso foi o convidado da vez para ser entrevistado por Celio, no canal do Youtube Fala Celio! e abriu o coração ao falar da família e racismo. Em um bate-papo divertido e descontraído, o ator também abordou temas importantes e pontuais. 

Ao relembrar os ataques racistas que a filha sofreu nas redes sociais em 2017, Bruno revelou nunca ter pensado em passar por esse tipo de situação e ressaltou a importância dessa luta ser de todos. 

"Sem dúvida estamos muito longe do mundo da conquista por respeito e igualdade. A maior prova disso é o que a Viola Davis falou recentemente ao pedir igualdade na indústria do entretenimento. A maior prova disso são os nossos governantes, o que eles pregam, o que eles falam. (...) Estamos distantes ainda, mas é uma luta de todos. Eu lutei como um leão para defender a minha filha, mas, na verdade, o que eu fiz, foi o mínimo, como pai, como ser humano e como cidadão, que prega e quer igualdade, respeito, e que quer que as pessoas evoluam. O que eu fiz foi o mínimo", disse ele.

Bruno Gagliasso posta foto de Bless e se derrete: ‘Meu reizinho!’
Gio Ewbank garante autógrafo da filha Titi após capa de revista

Bruno ainda reforçou  que a falta de educação e de conhecimento ainda são os maiores problemas. "Quando a gente estuda, a gente só enriquece, só aprende. Preconceito nada mais é do que falta de conhecimento ou mau-caratismo. Então, se você tem conhecimento, você começa a enxergar com mais facilidade as coisas e saber o quão ignorante você é ou não. É através da educação que se resolve tudo. Educação é amor e só o amor é capaz de transformar."

Gagliasso ainda desabafou sobre o problema persistir na sociedade atual mas admitiu sentir que também existem algumas coisas no caminho para a mudança: "Nunca pensei que sofreria preconceito quando fosse pai. Quando a gente fala sobre amor, a gente não pensa nessas coisas. Amor não tem CEP, é o maior agente transformador. (...). Ainda escutamos muitos absurdos dos nossos governantes e, ao mesmo tempo, temos muita esperança, pois vi a nova lista de vereadores eleitos e muitos são maravilhosos. Ainda ficou muito impressionado com pessoas que pensam diferente".

O ator também surpreendeu aos internautas ao pontuar o assunto. "Eu sou um racista em desconstrução, porque a gente é fruto de uma sociedade, que aprendeu muita coisa errada. Então, a gente [ele, Ewbank e os filhos] está sempre aprendendo o tempo inteiro e eu tenho certeza que meus filhos serão antirracistas e, quando eu digo isso, é porque a gente está aprendendo juntos. E eu estou aprendendo para poder ensiná-los cada vez mais e fazê-los seres humanos fortes."

Bruno é casado com Giovanna Ewbank, com quem tem três filhos: Titi, de 7 anos, Bless, 4, e do caçula, Zyan, de 4 meses.

Confira!

 

Família

Na última segunda-feira (26) Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank participaram de uma live no canal da entrevistadora Astrid Fontenelle ,em que contaram sobre como está sendo o novo momento para a família com a chegada do terceiro filho (Zyan) e como o casal lidou com os momentos de isolamento.

Ao ser questionado sobre algo que descobriu negativo acerca de si mesmo neste período, Bruno falou de cara:

“Vi o quanto eu estava no celular, preocupado com trabalho. Foi um impacto muito grande quando percebi isso. E foi há pouco tempo. Não foi no início da quarentena, não.”, disse Gagliasso.

Giovanna também ressaltou sobre como em momentos de crise tudo fica mais claro, e que o casal percebeu que não existe nada mais urgente que a família:

“Nada é tão urgente, tudo pode esperar. O que não pode esperar é a vivência, a experiência em família.”, comentou a atriz e modelo.

O ator também falou sobre como são privilegiados por ao menos terem a possibilidade de ficarem em casa durante a pandemia.

“Nós podemos estar com nossa família, todos juntos nesse momento. E quem não pode? É algo muito forte. Então nós estarmos vivendo isso, sabendo que outras pessoas não podem, tem um peso muito grande. É uma dor, né?”, comentou Bruno.

Giovanna Ewbank contou que no momento sua prioridade é a família, e que sempre vai ser. Bruno completou que isso não descarta o trabalho, mas apenas dá mais importância ao essencial.

“No momento, eu estou vivendo para a minha família, para os meus filhos e para as minhas vontades. Então, eu acho que nunca mais vou querer não priorizar a família para priorizar outras coisas. Tem gente que fala: 'você tem que aceitar determinado trabalho porque ele vai te colocar em um lugar importante', mas nada é tão importante quanto o que eu quero viver.”, comentou a apresentadora, no que completou Bruno:

“Não é como se fosse algo do tipo: “Nossa, nunca mais vou trabalhar” – as pessoas podem pensar isso- mas nós precisamos, é claro, é só uma questão de priorizar o essencial.”

O momento de emoção surgiu quando ambos se declararam um ao outro:

“Não teria como passar por tudo o que a gente passou sem ter o Bruno em casa. Ele é a alegria em pessoa. Vê o lado positivo de tudo. É um pai maravilhoso e um marido maravilhoso.”, falou Giovanna.

“Ela é uma esposa, mãe, mulher e amiga maravilhosa. É um exemplo”, disse Bruno emocionado enquanto Ewbank o admirava com os olhos brilhantes. Família linda!

Assista a entrevista na íntegra: 

Bruno Gagliasso baba por Bless em ensaio fotográfico: ‘Gato’
Giovanna Ewbank revela apelido fofo de Zyan. Saiba qual é!





Notícias Relacionadas



Instagram

Instagram

OFuxico