Imprimir

Notícias

18/03/2021 | 12h12m - Publicado por: Michele Marreira | Foto: Thiago Bruno/Divulgação

Bruno Gagliasso promete adrenalina na série policial Santo da Netflix

Ator mergulhou de forma profunda, no perfil do personagem Ernesto Cardona

Bruno Gagliasso promete adrenalina na série policial Santo da Netflix  - Thiago Bruno/Divulgação

E lá vem o primeiro trabalho de Bruno Gagliasso na Netflix: o ator estará em Santo, série original espanhola criada por Carlos López e com gravações no Brasil e na Espanha. No projeto, que conta ainda com o diretor Vicente Amorim e o roteirista Gustavo Lipsztein, ambos brasileiros, Bruno contracena com o ator espanhol Raúl Arévalo (Anti-motim, Tarde para a raiva e O Mediador).

"Eu estou muito feliz com este primeiro trabalho na Netflix: uma produção espanhola, com uma equipe brasileira e que ainda destaca a nossa cultura na trama. Estou há mais de um ano dedicado a essa série, realizando encontros virtuais de leitura com elenco e diretores e também um mergulho profundo no perfil psicológico do meu personagem", disse o artista.

Série policial, Santo é um thriller de intriga e de ação, que, em alguns momentos, flerta com o terror. A trama gira em torno de Santo, um narcotraficante cujo rosto nunca foi visto e que é investigado pelos policiais federais Ernesto Cardona (Bruno Gagliasso) e Miguel Millán (Raúl Arévalo). Radicalmente opostos, eles terão que aprender a colaborar um com o outro para resolver o caso e manter suas vidas seguras.

"Santo é como um terremoto com dois epicentros simultâneos, um no Brasil e outro na Espanha: a história de dois policiais em dois continentes diferentes que se unem para perseguir um inimigo que ninguém sabe como é porque nunca foi visto. É um grande desafio, mas contamos com uma equipe de altíssimo nível e um elenco estelar. Trabalhar com Raúl e Bruno também garante que esta história vai deixar uma marca", afirmou Carlos López, criador da série.

No roteiro, ao lado de Carlos, estão o espanhol Miguel Ángel Fernández (Tempos de guerra e Desaparecidos) e o brasileiro Gustavo Lipsztein (Travessia mortal e Perdendo meus mármores). Produzida pela Nostromo Pictures para a Netflix, a série será dirigida pelo espanhol Gonzalo López-Gallego (Néboa, La zona e Ángel o demonio) e pelo brasileiro Vicente Amorim (A Divisão, Police Romance: Espinosa e Copa Hotel).

"Santo vai surpreender pela originalidade de sua abordagem e por ter um pulso narrativo frenético. Unir talentos espanhóis com talentos brasileiros causou uma explosão de criatividade. É um thriller que te dá arrepios”, concluiu Verónica Fernández, diretora de Conteúdo (séries) na Netflix Espanha.

Bruno Gagliasso sobre saída da Globo: ‘Respirando liberdade’
Bruno Gagliasso vibra com vitória do Flamengo no Brasileirão





Notícias Relacionadas



Instagram

Instagram

OFuxico