Imprimir

Notícias

13/03/2013 | 20h05m - Publicado por: Felipe Carvalho | Foto: Ag.News

Caca Rosset apresenta espetáculo com críticas políticas e sociais

O ator está no elenco de Ornitorrinco Canta Brecht e Weill que será apresentado em São Paulo

Caca Rosset apresenta espetáculo com críticas políticas e sociais - Ag.News

Caca Rosset reuniu dois outros grandes artistas, Cida Moreira e Antonio Carlos Brunet, para encenar em São Paulo o espetáculo Ornitorrinco Canta Brecht e Weill, na Casa de Francisca, nos Jardins, zona sul da capital paulista. A peça,  escrita entre as décadas de 1930 e 1940, é baseado nas canções dos compositores que estão no título e apresenta músicas feitas nos Estados Unidos, em estilo cabaret, com críticas políticas e sociais.

“Este é um teatro musical, mas tem esta pegada no espírito cabaret que faz uma sátira social e politica, critica e comportamental, tudo muito direto com a plateia, jogado para eles, interagindo com eles. As letras do Brecht contem isso, por um lado um humor forte e uma crítica social, acidez, algo corrosivo, irônico. Para se ter uma ideia, tem uma música que se chama ‘A Balada da Dependência Sexual’ e outra chamada ‘Tango do Cafetão’. Passeamos por estas canções, que são clássicos do teatro e da música, que foram compostas na década de 1930 e 1940 e são obras primas, joias do teatro”, explicou Caca que canta, interpreta e dirige o espetáculo.

Ele disse que os temas tratados nas músicas não sofreram adaptações para se tornarem mais atuais, já que as letras de antigamentes também podem ser aplicadas nos dias de hoje.

“Nem foram necessárias mudanças, atualizações, pela forma como são trabalhadas. São uma sintonia imediata. Musicalmente são extraordinárias. Todas elas contam histórias e têm uma narrativa. É quase como se cada canção fosse uma esquete teatral. Têm canções mais picantes, mais críticas, políticas, falando sobre o poder, grana, corrupção. Foram escritas há quase 70 anos, mas temas universais, colocados diretamente na cabeça e compreensão do espectador. Ao mesmo tempo tem o sabor do cabaret dos anos 1930, mais escarrada.”

O espetáculo ficará apenas três dias em cartaz no Casa de Francisca e poderá ser visto na sexta-feira (15) e sábado (16), às 22h30, e domingo (17), às 20h30. Ainda não há previsão para outras datas, mas Caca afirmou que há planos para entrar em cartaz.

“Tem a perspectiva de, a partir de abril, ir para um teatro. Temos o convite de ir para Porto Alegre, uma semana por lá, mas estamos querendo entrar em temporada com o espetáculo por aqui."

Atuando em novela, Cacá Rosset prepara nova peça
Cacá Rosset aprova mulheres no telejornalismo esportivo
Cacá Rosset: “Há uma hiperinflação de stand up comedy”

Caca Rosset apresenta espetáculo com críticas políticas e sociais







Instagram

Instagram

OFuxico