Imprimir

Notícias

22/11/2020 | 10h00m - Publicado por: OFuxico | Foto: Reprodução/Instagram

Camilla Parker-Bowles vai assistir The Crown

A esposa do Príncipe Charles vai ver a nova temporada da série da Netflix

Camilla Parker-Bowles vai assistir The Crown - Reprodução/Instagram

Segundo a revista Vanity Fair, uma fonte próxima à duquesa de Cornualles, Camilla Parker-Bowles, ela é o único membro da família real que verá a nova temporada da série The Crown, da Netflix. Aparentemente a esposa do príncipe Charles não vê problemas em assistir o programa que retrata a família real britânica.

"Imagino que ela vai assistir com uma taça de vinho tinto nas mãos... Ela viu a série antes, tem um ótimo senso de humor, e isso não vai irritá-la de forma alguma", disse uma fonte próxima.

A série The Crown mostra acontecimentos importantes dos membros da realeza inglesa.

A fonte assegurou que o príncipe Charles também viu The Crown com Bowles: "Não acho que ele tenha problema com isso. Seu sentimento é 'nunca se queixe, nunca se explique'".

Dizem também que amigos próximos do príncipe de Gales, assim como a rainha Elizabeth II e sua filha, a princesa Ana, jamais vão assistir a série, já que 'não se interessam em ver uma série que fala sobre suas vidas', expressou uma fonte ao jornal Daily Mail.

"Eles não concordam com muitos acontecimentos apresentados na série, pois asseguram que não são verdadeiros e não parece justo e correto", disse.



Meghan e Harry não estarão em The Crown

Peter Morgan, o criador e showrunner da série The Crown, da Netflix, afirmou que nem Meghan Markle e nem o Príncipe Harry serão personificados nas novas temporadas do programa.

Tampouco os escândalos atuais da família real, como a saída dos duques de Sussex, ou as acusações contra o príncipe Andrew, serão mencionados no show.

“Acho que você fica muito mais interessante com o tempo. Meghan e Harry estão no meio de sua jornada, e eu não sei qual é sua jornada ou como ela terminará ", disse Morgan quando questionado sobre a ausência do duque e da duquesa de Sussex.

"Tenho uma regra de 20 anos na minha cabeça. Isso é tempo e distância suficientes para realmente entender algo, entender sua posição e relevância. Muitas vezes, coisas que parecem absolutamente importantes hoje são esquecidas instantaneamente, e outros têm o hábito de ficar por aqui e se provar historicamente muito relevantes e duradouras”, justificou em entrevista à revista The Hollywood Reporter.

Após nove indicações ao próximo Emmy, incluindo uma de Melhor Série Dramática, Morgan fez referência ao que o levou a mudar de ideia sobre o número de temporadas, os comentários não oficiais que recebe do Palácio de Buckingham, e por que os verdadeiros escândalos atuais não acontecerão nas duas últimas temporadas.

“Eu não sei onde no esquema das coisas o Príncipe Andrew ou Meghan Markle ou Harry aparecerão. Não saberemos, e leva tempo para deixar de ser jornalístico. E é por isso que não quero escrever sobre eles, porque escrever sobre eles tornaria imediatamente jornalístico. E há muitos jornalistas que já escrevem sobre eles. Para ser um dramaturgo, acho que você precisa de perspectiva e também deve permitir a oportunidade da metáfora. Uma vez que algo tem uma possibilidade metafórica, pode se tornar interessante".

Para Morgan 'há muitas histórias para contar sem contar a história de Harry e Meghan'.

Príncipe Harry tem apenas 1% da aprovação dos britânicos
Duques de Sussex vão passar Ação de Graças em família





Notícias Relacionadas



Instagram

Instagram

OFuxico