Imprimir

Notícias

30/11/2020 | 12h00m - Publicado por: Flavia Almeida | Foto: Grosby Group

Cantora Cher ajuda a libertar elefante ‘mais solitário do mundo’

Animal sofria maus-tratos e era considerado o mais solitário do mundo

Cantora Cher ajuda a libertar elefante ‘mais solitário do mundo’ - Grosby Group

Nesta segunda-feira (30), Kaavan, o elefante mais solitário do mundo, chegou ao Camboja, após anos de maus-tratos em um zoológico do Paquistão. Ele foi recebido pela atriz americana Cher, que o acompanhará a um santuário que abriga outros paquidermes.

O elefante de 36 anos tem excesso de peso e grupos de defesa dos animais solicitaram sua transferência de um zoológico de Islamabad, acusado de oferecer condições e cuidados deficientes.

Foi Cher quem liderou uma campanha nas redes sociais, em prol do animal. Ela contatou uma equipe de advogados e pagou metade das despesas do translado do animal.

De acordo com Amir Khali, veterinário do grupo de bem-estar animal Four Paws, a viagem do elefante foi tranquila.

“Kaavan comeu, não estava estressado. Estava até um pouco adormecido, de pé, apoiado na parede da jaula”, disse.

Único elefante asiático no Paquistão

 

Conhecido como o “elefante mais solitário do mundo”, ele vivia em condições muito precárias no centro da capital paquistanesa. Por décadas, ele divertiu multidões em seu pequeno pedaço de terra. Os visitantes aplaudiam quando ele os saudava, instigado pelos cuidadores que o cutucavam com ganchos pregados na pele.

O elefante tinha feridas que infeccionaram e as correntes em torno de suas pernas deixaram cicatrizes permanentes. Ele ficou obeso e cheio de traumas.

A administração do zoológico negou que o animal tenha sido maltratado e considerou que seu estado se devia ao fato de estar à espera de uma nova companheira, após a morte de Saheli, em 2012, supostamente de sepse causada pelos ganchos cravados em sua pele.

Kaavan será transportado de Siem Reap para a província vizinha de Oddar Meanchey, e vai morar num santuário de vida silvestre com 600 outros elefantes. Kaavan era o único elefante da Ásia no Paquistão. Os outros poucos eram paquidermes da África.

“O Camboja tem o prazer de receber Kaavan. Ele não será mais o elefante mais solitário do mundo”, disse o vice-ministro do Meio Ambiente, Neth Pheaktra, à AFP.





Notícias Relacionadas



Instagram

Instagram

OFuxico