Imprimir

Notícias

28/09/2020 | 12h00m - Publicado por: OFuxico | Foto: Reprodução/Instagram

Cardi B recebe cantadas virtuais após separação

A cantora revelou que passou a receber muitos directs

Cardi B recebe cantadas virtuais após separação - Reprodução/Instagram

Cardi B revelou que tem recebido muitas mensagens privadas em suas redes sociais desde que anunciou sua separação do pai de sua filha, Offset. A cantora disse que está recebendo muitos convites para sair, porém não se interessou por nenhum deles até agora... e essas mensagens também incluem alguns famosos.

A intérprete de WAP recentemente se separou de seu marido, Offset - com quem tem uma filha de dois anos, Kulture - e insiste que agora não está buscando um novo relacionamento.

Ela disse: "Eu posso sair com o homem que eu quiser. Minhas mensagens privadas estão cheias. Mas não quero sair com ninguém. Estou focada no meu trabalho", afirmou.

Cardi também falou sobre o divórcio, e disse que as pessoas 'não podem magoá-la' falando de sua separação, porque foi ela quem terminou tudo.

"Vocês não podem me magoar falando sobre o divórcio, porque fui eu quem decidiu ir embora. Eu não esperei que ele me traísse de novo... Eu não esperei ele se envolver em outra polêmica. Eu decidi sair. Se eu quisesse ficar, eu teria ficado. Eu decidi sair", avisou.

E apesar de seus comentários, aparentemente negativos contra o rapper, ela assegurou aos fãs que o relacionamento acabou bem  e sem drama.

Ela acrescentou durante uma live em seu perfil privado na plataforma OnlyFans: "Eu não tenho um relacionamento ruim com o pai da minha filha. Não mesmo. Não odeio ele. E não desejo nada de mal para ele, porque sei que ele não deseja para mim".

 

Processo

 

Cardi B se surpreendeu ao saber que ela e sua irmã Hennessy estão sendo processadas depois de chamar um grupo de banhistas nos Hamptons, em Nova York, como 'apoiadores racistas do MAGA' [Make America Great Again, Donald Trump].

Segundo o site TMZ, eles tiveram acesso aos documentos do processo de difamação aberto por Peter Caliendo, Pauline Caliendo e Manuel Alarcón.

Os três estão processando a rapper, sua irmã Hennessy Carolina, e a namorada de Hennessy, Michelle Diaz, alegando que elas os difamaram ao rotulá-los de racistas durante uma discussão nos Hamptons no início deste mês.

Os demandantes afirmam que estavam aproveitando seu tempo na praia de Smith Point com suas famílias quando Hennessy os abordou com raiva cuspindo, insultando e ameaçando, apenas porque um deles estava usando um boné com a famosa frase de Trump, MAGA. 

Na época, Cardi tuitou um vídeo da briga, dizendo que sua irmã estava sendo assediada porque estava com a namorada, e por ser um casal gay afro-hispânico.

O grupo também afirma que Cardi B, Hennessy e Michelle editaram o vídeo e postaram nas redes sociais para pintá-los falsamente como racistas. Cardi postou o clipe mais tarde naquele mesmo dia com áudio aparentemente mostrando Hennessy explicando que alguém do grupo disse a ela para voltar para seu país.

Não está claro quanto eles buscam com o processo, mas pedem uma indenização.

Cardi B abre o jogo sobre fim do casamento: 'Sem lágrimas'





Notícias Relacionadas

26/10/2020 | 12h46m - Flávia Almeida

Offset, marido de Cardi B, é detido em Los Angeles



Instagram

Instagram

OFuxico