Imprimir

Notícias

16/01/2020 | 08h05m - Publicado por: Michele Marreira | Foto: Reprodução/Instagram

Carnaval 2020: Paolla Oliveira vai agitar a Sapucaí

Atriz retorna ao posto que ocupou há uma década

Carnaval 2020: Paolla Oliveira vai agitar a Sapucaí   - Reprodução/Instagram

A avenida do samba fica pequena quando Paolla Oliveira adentra com seu gingado, esbanjando carisma e, principalmente, samba no pé. Em 2008 e 2009, a atriz reinou absoluta como rainha de bateria da Grande Rio.

Na época, a famosa afastou-se da agremiação, voltando a desfilar no Carnaval de 2010. E, depois de um hiato de dez anos, a musa voltou a ser coroada na escola que a consagrou no passado. O evento oficial aconteceu em setembro na quadra da Grande Rio, em Duque de Caxias, no Rio de Janeiro.

Na noite de terça-feira (14), a famosa compareceu ao seu primeiro ensaio, sendo bem recebida pela comunidade. A agremiação será a quinta a desfilar no domingo de carnaval, dia 23 de fevereiro.

Em seu primeiro ensaio técnico na quadra da Grande Rio

Fantasia

Para evitar uma possível polêmica no que se refere a sua fantasia, Paolla optou por não usar penas de aves como teria utilizado sua antecessora, Juliana Paes, duramente criticada no carnaval do ano passado.

Clipe do samba

A nova rainha de bateria da Grande Rio, gravou o clipe do samba da agremiação em um terreiro de candomblé, na Baixada Fluminense. Na ocasião, ela apostou no look todo branco completando com acessórios de búzios. O clipe do samba enredo 2020 foi produzido por KondZilla.

O samba é intitulado Tata Londirá: o Canto do Caboclo no Quilombo de Caxias.

Veja a letra na íntegra:

É Pedra Preta!

Quem risca ponto nesta casa de caboclo

Chama Flecheiro, Lírio e Arranca-Toco

Seu Serra Negra na jurema, Juremá

Pedra Preta!

O assentamento fica ao pé do dendezeiro

Na capa de Exu, caminho inteiro

Em cada encruzilhada um alguidar

Era homem, era bicho-flor

Bicho-homem, pena de pavão

A visão que parecia dor

Avisando Salvador, João!

No Camutuê Jubiabá

Lá na roça a gameleira

Da Gomeia dava o que falar

Na curimba feiticeira

Okê! Okê! Oxóssi é caçador

Okê! Arô! Odé!

Na paz de Zambi, ele é Mutalambô!

O Alaketo, guardião do Agueré

É isso, dendê e catiço

O rito mestiço que sai da Bahia

E leva meu pai mandingueiro

Baixar no terreiro quilombo Caxias

Malandro, vedete, herói, faraó

Um saravá pra folia

Bailam os seus pés

E pelo ar o benjoim

Giram presidentes, penitentes, yabás

Curva-se a rainha e os ogans batuqueiros pedem paz

Salve o candomblé, Eparrei Oyá

Grande Rio é Tata Londirá

Pelo amor de Deus, pelo amor que há na fé

Eu respeito seu amém

Você respeita o meu axé

(Respeita o meu axé)

Carreira

Paolla Oliveira se enveredou na carreira artística muito por acaso. Ela cursava Fisioterapia em uma faculdade da zona leste de São Paulo – região onde nasceu e cresceu, e para ajudar no pagamento da mensalidade, decidiu fazer alguns trabalhos de fotos em publicidade, até conquistar o posto de assistente de palco do programa Passa ou Repassa, comandado por Celso Portiolli, no SBT.

Mais oportunidades foram surgindo no caminho profissional de Paolla. O passo seguinte foi intensificar sua participação em comerciais de TV. Testes para TV foi um pulo, contudo, recebeu alguns não, como qualquer iniciante em busca de uma grande chance.

Nesse meio tempo, em 2003, se profissionalizou nas escolas de teatro Oficina Mazzaropi e Wolf Maya.

A atriz é uma das atrizes do primeiro escalão da Globo

Novelas

Foi no ano de 2004, que a beldade fez sua estreia na teledramaturgia, em Metamorphoses, da Record TV. Após uma série de testes disputados com a atriz Isis Valverde, Paolla levou a melhor e conquistou o primeiro papel de destaque na Globo, antes tinha feito uma breve participação em Malhação. Em Belíssima, viveu uma aspirante a modelo, Giovana Sabatini. Um ano depois, já interpretava sua primeira protagonista na trama das seis, O Profeta, na pele da sonhadora Sônia.

Outros projetos fazem parte do currículo da loira que virou estrela do primeiro escalão da plim-plim: Os Amadores, Casos e Acasos, Ciranda de Pedra, Cama de Gato, As Cariocas, Amor à Vida, e tantos outros, afinal, lá se vão mais de 15 anos de teledramaturgia.

Ziriguidum! Paolla Oliveira samba na Grande Rio

O fenômeno Vivi Guedes

A musa da internet, Vivi Guedes, transcendeu à realidade fictícia, na trama A Dona do Pedaço, em 2019. A personagem ditava moda com seus looks, trejeitos afetados e bordões no estilo “seguimores”.

Até comercial de TV, a filha de Otávio (José de Abreu) fez na história, alçando os intervalos comerciais de verdade! Também comeu o pão que o diabo amassou nas mãos do policial psicopata, Camilo (Lee Taylor). Ao conhecer o grande amor de sua vida, a digital influencer decidiu largar os cliques e flashes, para viver em uma ilha paradisíaca com Chiclete (Sergio Guizé), longe de tudo e todos.

Vivi Guedes x Paolla Oliveira

Vida pessoal

Paolla Oliveira já namorou alguns gatos famosos: Maurício Mattar, Joaquim Lopes, Rogério Gomes e, rumores dão conta que ela estaria com novo affair que atende pelo nome de Douglas Maluf, um conhecido coach que atende algumas celebridades.  

Veja mais fotos da rainha Paolla Oliveira:

Paolla Oliveira brilha com seu look verde

Após 10 anos, Paolla retornou à agremiação carioca

Sendo coroada rainha em setembro, 2019

Retrospectiva

Quem nasceu em 2019

Quem morreu em 2019

Quem casou em 2019

Quem separou em 2019

O Brasil se despede de Gugu Liberato





Notícias Relacionadas

15/12/2020 | 23h00m - Giovanna Prisco

A Força do Querer: Zeca fica com ciúmes de Jeiza

14/12/2020 | 23h00m - Giovanna Prisco

A Força do Querer: Bibi salva a vida de Caio

13/12/2020 | 14h20m - Flávia Ávila

Paolla Oliveira fala do trabalho em A Força do Querer



Instagram

Instagram

OFuxico