Imprimir

Notícias

08/12/2019 | 17h00m - Publicado por: OFuxico | Foto: Reprodução/Instagram

Charlize Theron revela modo de assédio de Harvey Weinstein

O produtor de Hollywood ainda enfrenta várias acusações de má conduta sexual

Charlize Theron revela modo de assédio de Harvey Weinstein - Reprodução/Instagram

Charlize Theron voltou a fazer referência ao movimento #MeToo sobre as vítimas de abuso e assédio sexual em Hollywood, em uma nova entrevista ao jornal New York Times, para promover seu novo filme O Escândalo (Bombshell), do diretor Jay Roach.

O longa é sobre um gigante do telejornalismo e antigo CEO da Fox News, Roger Ailes (interpretado por John Lithgow), que tem seu poder questionado e sua carreira arruinada quando um grupo de mulheres o acusam de assédio sexual no ambiente de trabalho.

Falando sobre o tema do drama, a atriz revelou que o produtor Harvey Weinstein - que foi alvo de dezenas de acusações de má conduta sexual - era 'muito, muito bom' em colocar as atrizes umas contra as outras na hora de escolhê-las para algum projeto seu.

A estrela de 'Bombshell' atacou o produtor e alegou que 'ele não tinha limites' quanto à maneira como fazia as atrizes sentirem que estavam em uma competição.

Discutindo como ele colocava as mulheres umas contra as outras para que ele pudesse permanecer no topo, Charlize disse:

"Sim, e ele fez isso com todo mundo. Colocar as mulheres uma contra a outra? Ele era muito, muito bom nisso. Havia muito, tipo, 'Bem, eu estou conversando com Gwyneth [Paltrow] para este filme ...'... Uma de suas falas era que Renée [Zellweger] e eu dormíamos com ele para conseguir trabalho. Não havia limite para ele. Mesmo falando de favores sexuais, ele ainda nos colocava uma contra a outra", assegura.

Charlize afirmou que fazer o filme O Escândalo foi muito revelador para muitas pessoas, principalmente para os homens:

"Eles diziam 'Eu não tinha ideia de que as mulheres tinham que fazer coisas assim'. É humilhante que você possa criar esse tipo de momento, porque muitas vezes você sabe que as pessoas vão dizer: 'Este é um filme de mulher, e os homens não vão gostar disso', mas quando os homens podem se envolver emocionalmente com o que experimentamos e ficar tão perturbados com isso, é algo poderoso", justifica.

No Brasil, O Escândalo, com Charlize Theron, Nicole Kidman, Margot Robbie e grande elenco, chega aos cinemas dia 30 de janeiro.

Charlize Theron desabafa sobre assédio vivido aos 18 anos







Instagram

Instagram

OFuxico