Imprimir

Notícias

16/06/2020 | 17h00m - Publicado por: Flávia Almeida | Foto: Reprodução/Instagram

Cineasta pagará funeral de homem negro assassinado nos EUA

Tyler Perry vai arcar ainda com os estudos dos quatro filhos do rapaz, até a faculdade

Cineasta pagará funeral de homem negro assassinado nos EUA - Reprodução/Instagram

O perfil solidário de Tyler Perry é incomensurável. O ator e cineasta norte-americano vai custear os gastos do velório e funeral de Rayshad Brooks, de 27 anos, um homem negro assassinado por policiais brancos na última sexta-feira (12).

Tyler, que tem ajudado vítimas da Covid-19 ainda se disponibilizou a arcar com todos os custos da educação dos quatro filhos de Rayshad, Mekai, de 13 anos, Blessing, de 08, Memory, de 02 anos, e Dream, de um aninho, até a faculdade.

"Famílias como essa nunca deveriam passar por algo assim. É um passo que vai ajudar esta família e queremos agradecer a ele", disse Chris Stewart, advogado da família de Rayshad.

Resistência à prisão

Aparentemente alcoolizado, de acordo com relatos e imagens das câmeras de segurança, Rayshad estava dormindo ao ser abordado por dois policiais brancos no estacionamento de uma lanchonete em Atlanta, nos Estados Unidos.

Resistindo à prisão, ele teria usado um aparelho de choque contra as autoridades. Ao fugir, foi atingido por dois disparos, pelas costas, e morreu

Manifestantes queimaram a área externa do restaurante onde Rayshad foi assassinado.

Altruísmo

Ajudar ao próximo é algo recorrente na vida de Tyler. Em 2016, o ator e produtor Tyler Perry se comoveu com a triste história de duas bebês gêmeas de 15 meses, que morreram depois de serem esquecidas no banco de trás de um carro na Georgia, Estados Unidos, em um dia muito quente. Na época, a polícia acusou o pai das gêmeas, Asa North, de 24 anos, por homicídio culposo - quando não se tem a intenção de matar.

Tyler viu na TV que a mãe das bebês, Breal Ellis, estava com dificuldades para conseguir dinheiro para enterrar as filhas. O ator telefonou para a emissora e se ofereceu para pagar as despesas do funeral.

Em outra ocasião, em 2018, Tyler demonstrou sua generosidade ao presentear a mãe da cantora de gospel LaShun Pace, que trabalhou com ele em 1999. O artista deu uma casa de US$ 350 mil, na Geórgia ao descobrir que Bettie Pace tinha adoecido e seu desejo antes de morrer era ter uma casa grande o suficiente para sua grande família.

Ele comprou uma propriedade perto de onde os Paces nasceram e cresceram em Atlanta. 

Generosidade: Tyler Perry volta a surpreender durante crise

Tyler Perry ajuda casal a pagar conta de hospital no México







Instagram

Instagram

OFuxico