Imprimir

Notícias

29/09/2019 | 07h00m - Publicado por: Giovanna Prisco | Foto: Divulgação/Éramos Seis/Raquel Cunha/TV Globo

Confira motivos para assistir ao remake de Éramos Seis

Novela estreia na próxima segunda-feira (30)

Confira motivos para assistir ao remake de Éramos Seis - Divulgação/Éramos Seis/Raquel Cunha/TV Globo

Após o fim de Órfãos da Terra, a Rede Globo já tem uma substituta que promete encantar os brasileiros.

Éramos Seis, que estreia na próxima segunda-feira (27), é o título do segundo romance escrito por Maria José Dupré.

A trama conta a história de Dona Lola, uma mulher batalhadora que faz de tudo pela felicidade de sua família.

A moça é casada com Júlio Abílio, com quem tem quatro filhos: Carlos, Alfredo, Julinho e Isabel.

A obra se passa em um período de vinte e oito anos, iniciando em 1914, no início da Primeira Guerra Mundial e terminando em 1942, durante a Segunda Guerra Mundial.

Ao longo dos anos, a vida de Dona Lola muda drasticamente com alguns acontecimentos.

Júlio morre por uma doença estomacal, Julinho parte para trabalhar no Rio de Janeiro, Alfredo some no mundo para não ser preso, Isabel se une com um homem divorciado e a união não é aceita por Lola devido às convenções sociais e, por fim, Carlos também morre de uma doença estomacal.

A história é tão famosa que já ganhou diversas adaptações para a dramaturgia. A versão, que estreia na próxima segunda-feira (27) na Rede Globo, é escrita por Ângela Chaves e promete encantar ainda mais o público.

A reportagem do OFuxico separou pelo menos alguns motivos pelos quais o remake de Éramos Seis deve ser um enorme sucesso.

Confira!

Elenco lança Éramos Seis, próxima novela das 18h

1. O fato de já ter sido um enorme sucesso, nas primeiras versões

Éramos Seis já ganhou diversas adaptações para a TV.  A primeira foi em 1948, na Record TV, e com Gessy Fonseca e Gilberto Chagas como Lola e Júlio.

A segunda versão foi ao ar em 1967 na Rede Tupi e teve como protagonistas Cleyde Yáconis e Silvio Rocha.

Em 1977, a Rede Tupi realizou a terceira adaptação protagonizada por Nicette Bruno e Gianfrancesco Guarnieri.

Em 1994, a quarta versão foi ao ar no SBT e teve Irene Ravache e Othon Bastos nos papéis principais.

Todas as adaptações foram um sucesso entre o público, e com certeza não será diferente com a adaptação de 2019.

Na trama global, Glória Pires e Antonio Calloni vivem os protagonistas Lola e Júlio.

Irene Ravache, Glória Pires e Nicette Bruno

 

2. O elenco, que conta com nomes como Glória Pires e Susana Vieira

Os atores escolhidos para integrar a trama também são um sucesso a parte.

Além de Glória Pires, Éramos Seis também conta com nomes como Susana Vieira, Nicolas Prattes, Mayana Neiva, entre outros.

Tem como não ser sucesso?

Glória Pires e Susana Vieira

 

3. A temática mais de época

A novela se passa entre 1914 e 1942, então tem uma temática mais de época.

Já podemos esperar cenários e figurinos encantadores.

Giullia Buscacio

 

4. Deve misturar, muito bem, romance com humor

 

Além de todas as dificuldades, a família de Lola sabe levar a vida com bom-humor.

A história de Éramos Seis deve, além de encantar, divertis os telespectadores.

Maria Eduarda Carvalho, Simone Spoladore, Camila Amado e Denise Weimberg

 

5. Aborda um tema que costuma ser bem discutido, no dia-a-dia, a família

A história conta a história de Lola, que faz de tudo para manter a união e harmonia da família, mesmo com tantas dificuldades.

A família vive com poucos recursos, mas cercada de afeto e a força da personagem de Glória Pires deve surpreender o público.

Maju Lima, Xande Valois, Davi de Oliveira, Antonio Calloni, Glória Pires e Pedro Sol





Notícias Relacionadas

15/12/2020 | 23h00m - Giovanna Prisco

A Força do Querer: Zeca fica com ciúmes de Jeiza

15/12/2020 | 22h00m - Giovanna Prisco

Haja Coração: Apolo pensa que Tancinha é interesseira

15/12/2020 | 21h00m - Giovanna Prisco

Flor do Caribe: Dionísio fica impune mais uma vez



Instagram

Instagram

OFuxico