Imprimir

Notícias

26/01/2021 | 14h44m - Publicado por: Raphael Araujo | Foto: Reprodução/Instagram

Coronavírus: Irmã de Leticia Spiller é vacinada

Valy Lantos tem mais de 60 anos e é profissional de saúde

Coronavírus: Irmã de Leticia Spiller é vacinada  - Reprodução/Instagram

Letícia Spiller é uma das artistas mais queridas do público brasileiro, sendo bastante conhecida por seu talento e por frequentemente se posicionar quanto aos assuntos que rondam a sociedade.

Por meio de seu perfil oficial no Instagram nesta terça-feira (26), a atriz compartilhou uma foto da irmã, Valy Lantos, sendo vacinada contra a covid-19.

Por meio da legenda da publicação, Letícia explicou o motivo de ela ser uma das primeiras pessoas a receber o imunizante no país, pois se enquadra em diversas características definidas como prioridades.

“Minha irmã, uma das primeiras brasileiras a receber a primeira dose da vacina para o combate à covid-19!”, começou ela, detalhando a seguir.

“Profissional da saúde? SIM. Linha de frente? SIM. Grupo de risco? Mais de 60 anos? SIM. Já teve covid-19? SIM”, completou, adicionando hashtags sobre o assunto ao final.

Na seção de comentários, os seguidores comemoraram o fato, e maioria deles abusou de emojis de palmas, corações e olhos apaixonados.

Letícia Spiller comemora irmã Valy Lantos sendo vacinada contra covid-19

Casou? Letícia Spiller dá spoiller na cachoeira: ‘Meu véu de noiva’
Leticia Spiller pratica ioga em família e encanta web

Atriz de Carrossel não pretende tomar a vacina

Gabriela Rivero, a professora Helena de Carrossel não quer tomar vacina contra covid-19

Famosa pelo seu papel de professora Helena na versão Mexicana da novela Carrossel (1989), Gabriela Rivero, 56 anos, não faz parte do grupo de famosos que apoiam e pretendem tomar a vacina contra a Covid-19. A revelação foi feita no último sábado durante uma live feita pelo canal Noveleiros Real comandado por Marcos Michalak.

Rivero explicou que considera importante o processo de vacinação em massa, mas pessoalmente não pretende se imunizar porque segue um estilo de vida mais natural e não está acostumada a usar a alopatia para tratamento de saúde.

"Agora não. Me dá um pouco de medo, sinto que prefiro tomar vitamina e ter meu sistema imunológico bem, usar máscara, manter o distanciamento social, fazer exercício e me manter saudável", explicou.

"Sinto que a vacina é uma coisa boa porque creio que temos de acabar de alguma forma com a pandemia [...] Por outro lado tenho um pouco de medo de efeitos secundários. Nunca fui vacinada, nem tomo medicamentos, sempre me trato de forma natural", concluiu.







Instagram

Instagram

OFuxico