Imprimir

Notícias

06/04/2020 | 09h00m - Publicado por: OFuxico | Foto: Reprodução/Instagram

Coronavírus: Rainha Elizabeth II se dirige à nação

Em novo discurso a Rainha Mãe pediu união e agradeceu os esforços pelo combate da doença

Coronavírus: Rainha Elizabeth II se dirige à nação - Reprodução/Instagram

Em um comunicado sem precedentes a Rainha Elizabeth se dirigiu à nação através de um vídeo para agradecer os esforços de todos os trabalhadores envolvidos na linha de frente para ajudar a combater o coronavírus.

A rainha de 94 anos cumpre quarentena no castelo de Windsor com o marido, o duque de Edimburgo, e quis enviar uma mensagem de alento e esperança à população.

"Estamos diante de um momento de interrupção na vida de nosso país, que causou dor a alguns, dificuldades financeiras para muitos e enormes mudanças na vida cotidiana de todos nós. Espero que nos próximos anos todos vocês se sintam orgulhosos de como você respondeu a esse desafio. E aqueles que vierem depois de nós dirão que os britânicos desta geração eram muito fortes ", começou dizendo.

"Quero agradecer a todos os que estão na linha de frente do NHS - a organização de saúde pública do Reino Unido -, bem como os trabalhadores que desempenham funções essenciais e que desinteressadamente continuam suas tarefas diárias fora de casa para nos apoiar. Estou certa de que a nação se juntará a mim dizendo que apreciamos o que fazem e que cada hora de seu trabalho nos aproxima de um tempo melhor", elogiou Elizabeth II.

"Também quero agradecer àqueles que ficam em casa, ajudando a proteger famílias vulneráveis ​​e evitar a dor já sentida por aqueles que perderam entes queridos. Juntos, estamos lidando com esta doença e quero tranquilizá-los de que, se ficarmos juntos e determinados, vamos superá-la (...) Enquanto já enfrentamos desafios antes, este é diferente. Desta vez, nos unimos a todas as nações do mundo em um esforço comum, usando os grandes avanços da ciência e nossa compaixão instintiva para curar. Teremos sucesso e esse sucesso pertencerá a cada um de nós, ter calma e pensar que dias melhores voltarão: estaremos com nossos amigos novamente, estaremos com nossas famílias novamente, nos veremos novamente. Mas, por enquanto, agradeço e meus melhores desejos a todos".
 

Coronavírus no Brasil

O coronavírus teve uma disseminação bastante rápida. No Brasil, muita gente já foi infectada e há muitos registros de mortes.

No país foi decretado estado de emergência e ocorreu a recomendação do fechamento de lojas, shoppings, clubes e academias, além da conscientização e proibição do uso de praias, parques, teatros, shows, etc.

Em São Paulo, o governo do Estado recomendou o cancelamento de eventos de lazer, culturais e esportivos, com mais de 500 participantes. Também determinou a suspensão imediata das aulas em universidades públicas e em escolas da rede pública e privada.

China e Coréia do Sul

A China afirmou ter uma queda na quantidade diária de casos novos de coronavírus. Em Pequim, capital do país, foram reforçadas as medidas para combater a quantidade de infectados vindos do exterior. A Comissão Nacional de Saúde informou que os casos da China envolveram viajantes vindos do exterior, muitos deles estudantes chineses que voltavam para casa.

A Coreia do Sul também teve uma queda em relação a novos casos, desde o pico, que aconteceu no dia 29 de fevereiro. Tal queda levou mais esperança de que, o maior surto asiático fora da China, esteja recuando. Por lá, os Centros de Controle e Prevenção de Doenças da Coreia (KCDC) seguem acompanhando todos os casos.

Leia mais sobre o coronavírus no mundo clicando aqui

O que é o Coronavírus

O Sars-Cov-2 é o mais novo integrante de uma família já conhecida. Ela é formada por vírus que tiveram origem em animais silvestres. Alguns deles infectaram humanos e já causaram outras epidemias. Coronavírus é o nome de uma família desses vírus. O nome vem por conta dos mesmos terem suas estruturas em formato de coroa. Eles costumam circular entre animais, como roedores e morcegos. Mas a doença começou a afetar humanos também. O vírus causador sofre mutações espontâneas e aleatórias, por isso ainda não há uma medicação certeira para combater a doença.

São eles os responsáveis por infecções respiratórias e já provocaram outras doenças.

Como o coronavírus começou a circular

O novo coronavírus começou a circular na China em 2019, ganhando um nome temporário de 2019 n-Cov. Depois, ocorreu o “batismo” oficial: SARS-CoV-2, sigla do nome completo em inglês: Severe Acute Respiratory Syndrome Coronavirus 2 (em tradução livre: Síndrome Respiratória Aguda Grave Coronavírus).

De acordo com uma pesquisa, 80% dos infectados são leves e a taxa de mortalidade está entre pessoas idosas. Isso além de portadores de outras doenças, principalmente as cardiovasculares, que podem contrair a versão crítica da Covid-19.

Saiba mais sobre o coronavírus clicando aqui.





Notícias Relacionadas



Instagram

Instagram

  • Helo Little Monsther!! Respondam nosso quiz @ladygaga #chromatica !! LINK NA BIO☀️ @itsme_muris
  • Após realizar tomografia e exames de sangue,  #MariaMelilo foi liberada do hospital e seguirá o tratamento contra a Covid-19 em casa.
(Via @mariamelilo)
  • Duda Reis se incomoda e desabafa sobre
  • Em Portugal, Pedro Scooby passou o dia com os filhos Dom, Bem e Liz, indo a um parque e depois para a praia ☀️⛱ #OFuxico
(Via Instagram @pedroscooby)
  • Rafa Kalimann é a nova contratada da Rede Globo e se emociona ao contar a novidade aos seguidores. #OFuxico (Via @rafakalimann )
  • Ludmilla não perde tempo e aproveita dia de sol e piscina com Brunna Gonçalves e os amigos ao som de Beyoncé! #OFuxico
(Via Instagram @ludmilla)
  • Fiquem ligados! Hoje, às 20h30, @joaoboscoevinicius realizam uma live especial! Eles mandaram um recado aos leitores de #OFuxico!

OFuxico