Imprimir

Notícias

26/11/2019 | 23h37m - Publicado por: Ará Rocha | Foto: Chico Audi

Corpo de Gugu chega ao Brasil na quinta-feira, em Viracopos

Familiares viajarão no mesmo voo que o apresentador

Corpo de Gugu chega ao Brasil na quinta-feira, em Viracopos - Chico Audi

Na noite desta terça-feira (26) foram definidos os detalhes referentes ao translado, velório e sepultamento do corpo de Gugu Liberato.

O apresentador sofreu morte encefálica na sexta-feira (22), após queda de uma altura de cerca de 4 metros, quando fazia um reparo no ar condicionado da sua casa em Windermere, Orlando, EUA.

A assessoria de imprensa do apresentador enviou um comunicado nesta terça-feira, informando que o corpo de Gugu chega ao Brasil, em Viracopos na quinta-feira (28) e o sepultamento ocorrerá na sexta-feira (29). A família viajará no mesmo voo que o apresentador.

Leia na íntegra:

O corpo já foi preparado para translado e ficará na funerária até amanhã (quarta-feira, 27/11) à tarde. Não temos um horário definido para informar.

Não existe a menor possibilidade de qualquer acesso a funerária ou familiares do apresentador.

Da funerária seguirá para o Orlando Airport International (MCO), de onde  embarcará para o Brasil no voo AD 8707, das 19:15hs, Azul Linhas Aéreas Brasileiras. A chegada será no aeroporto de Viracopos, em Campinas, às 6h05 da manhã de quinta-feira.

*Os familiares virão no mesmo voo.

De Viracopos, após cumprir todos os trâmites legais, seguirá para a ALESP em carro funerário.

IMPORTANTE: Esse trajeto envolverá uma rodovia e depois marginal e avenidas da cidade. Por motivos de segurança de todos, pedimos encarecidamente aos fotógrafos e cinegrafistas que respeitem esse momento da família.

Não existe nenhum motivo para seguir o cortejo até a Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo. Os carros têm vidros escuros e não existe nada a registrar. Estaremos transportando uma família completamente abalada e uma senhora de 90 anos, mãe de Gugu. Todos merecem enfrentar este duro momento com a devida privacidade, respeito e segurança.

Chegando à ALESP tudo será preparado e o salão principal será o local do velório, aberto para que o público possa se despedir de Gugu.

Não estamos fazendo nenhum tipo de credenciamento para imprensa. Teremos nosso pessoal cuidando para que a imprensa tenha o devido acesso.

Câmeras de TV e fotógrafos serão acomodados nas laterais do salão, em local que já é de conhecimento dos profissionais acostumados a trabalhar nesse tipo de cobertura.

Já adiantamos que os familiares não conversarão com a imprensa. Por favor, contamos com a compreensão de todos.

Acreditamos que por volta das 12h o velório será aberto e se estenderá até às 10 horas da manhã de sexta-feira (29/11), quando o corpo seguirá em carro de bombeiros para o Cemitério Gethsêmani, no Morumbi, onde será sepultado no jazigo da família.

Equipes de TV devem entrar em contato com Nilson Oliveira ( 11 99879-13070) ou Nair (11  94011-8258), gerentes do Gethsêmani, responsáveis por toda a logística envolvendo o acesso das câmeras e cinegrafistas.

Por gentileza, entendam que Nilson e Nair estarão cuidando apenas desse assunto ligado a equipes de TVs. Demais jornalistas não devem importuná-los com outros assuntos.


OBS: Nenhuma emissora terá privilégios nessa cobertura. Todas serão tratadas com o mesmo respeito.

Estas são todas as informações disponíveis.

Esther Rocha

Assessoria de Comunicação

São Paulo, 26 de novembro de 2019

O acidente
Gugu sofreu um acidente caseiro na quarta-feira (20). Ele teve uma queda de uma altura de cerca de quatro metros, quando fazia um reparo no ar condicionado instalado no sótão. Foi prontamente socorrido pela equipe de resgate e admitido no Orlando Health Medical Center, onde permaneceu na Unidade de Terapia Intensiva, acompanhado pela equipe médica local. Mãe e irmãos do apresentador, respectivamente dona Maria do Céu, Amandio e Aparecida,  viajaram para Orlando, chegando ao hospital por volta das 19h30 da quinta-feira (21).

Observação médica
Na admissão no hospital, Gugu deu entrada em escala de *Glasgow de 3 ( usada para medir a consciência e a evolução das lesões cerebrais em um paciente) e os exames iniciais constataram sangramento intracraniano. Em virtude da gravidade neurológica, não foi indicado qualquer procedimento cirúrgico. Durante o período de observação foi constatada a ausência de atividade cerebral.

O anúncio da morte
A morte encefálica foi confirmada na sexta-feira (22), pelo Prof. Dr. Guilherme Lepski, neurocirurgião brasileiro chamado pela família, que após ver as imagens dos exames em detalhes, confirmou a irreversibilidade do quadro clínico diante da mãe do apresentador, Maria do Céu, dos irmãos Amandio Augusto e Aparecida Liberato, e da mãe de seus filhos, Rose Miriam Di Matteo.

Doação de órgãos
Atendendo a uma vontade sua, todos os órgãos do apresentador foram doados. Segundo informações da equipe médica responsável, essa doação poderá beneficiar até 50 pessoas. Filho de Gugu, João Augusto, um menino de apenas 18 anos, teve que assumir a responsabilidade de assinar toda a papelada referente aos trâmites para a repatriação do corpo do seu pai. Uma missão dura, com um peso enorme a um menino tão jovem, que se despede do seu grande herói, como ele mesmo se referia ao pai. Com a morte de Gugu Liberato (60), que aconteceu em Orlando, na Flórida, na sexta-feira (22), pelas leis locais, cabe ao primogênito assinar todas as documentações necessárias para a liberação do corpo.

Tudo sobre a morte de Gugu Liberato





Notícias Relacionadas



Instagram

Instagram

OFuxico