Imprimir

Notícias

20/12/2020 | 03h00m - Publicado por: OFuxico | Foto: Grosby Group

Coruja morre em armadilha na propriedade da Rainha Elizabeth

Grupos defensores dos animais criticaram a família real por ainda usar armadilhas

Coruja morre em armadilha na propriedade da Rainha Elizabeth - Grosby Group

A rainha Elizabeth II está na mira de grupos ecológicos e defensores dos animais, depois de ser atribuída a ela a morte de uma coruja. O animal é protegido por lei, e a ave morta foi descoberta em Flitcham, que fica perto da residência da rainha e da casa de campo do príncipe William e da duquesa Kate.

O jornal Daily Mail afirma que na propriedade de Sandringham, usam armadilhas para proteger as aves silvestres e os ovos, de ratos e esquilos, mas depois que as fotos da ave morta começaram a circular nas redes sociais, milhares de usuários fizeram pedidos para que as armadilhas fossem substituídas por outras que não machuquem os animais.

Rainha Elizabeth quer Príncipe William como Rei
 

Um porta-voz de uma associação defensora dos animais na Inglaterra disse: "É muito triste que essa coruja tenha morrido depois de ficar presa em uma armadilha Fenn. Vamos nos opor a essas armadilhas e pedimos o uso de métodos que não machuquem, para espantar os animais", comentou.

"Estamos muito preocupados que esse pobre animal tenha morrido nessa armadilha e devemos nos assegurar de que isso não volte a acontecer".

As críticas não param por aí, já que as pessoas expressaram sua raiva nas redes sociais.

"Vergonha absoluta. A família real deveria saber o que acontece no seu terreno. Que vergonha", disse uma pessoa no Twitter.

Príncipes William e Harry 'fogem' de série The Crown


Outro se enfureceu: "Desonra. Conjunto de desonras".

Um terceiro disse: "As armadilhas de qualquer tipo são bárbaras e deveriam ser proibidas. O fato de Sandringham ainda ter é repugnante".

Ao comentar sobre o incidente, um porta-voz do Palácio de Buckingham disse: "Como uma fazenda em funcionamento, Sandringham adere a todas as normas e regulamentos necessários".

Morre cachorro da Rainha

A rainha Rainha Elizabeth II perdeu mais um cachorrinho de estimação. Seu fiel companheiro Vulcan morreu esta semana, informou o jornal inglês The Sun.

Uma fonte contou ao diário que ela está muito triste pela perda de Vulcan, que era uma mistura de Corgi galês de Pembroke com Basset, que morreu em sua casa de Windsor, deixando-a apenas com um cachorrinho, Candy.

"Claramente a perda de um pet tão amado é incômoda. Qualquer um que tem um cachorro sabe que é triste perdê-los", disse um informante à publicação.

Isso aconteceu depois de Darren McGrady, que trabalhou como chef no Palácio de Buckingham por 15 anos, revelar que os corgis da rainha Elizabeth tinham seu próprio menu e ele cozinhava para eles também.

Os cachorros dessa raça sempre fizeram parte da vida da Rainha, que ganhou seu primeiro pet ainda criança.

Em 2018 a rainha Elizabeth perdeu o corgi Whisper.





Notícias Relacionadas



Instagram

Instagram

OFuxico