Imprimir

Notícias

06/06/2019 | 22h30m - Publicado por: Gustavo Gossen | Foto: Reprodução/TV Câmara - Instagram @neymarjr

Deputado do PSL protocola projeto batizado de lei 'Neymar da Penha'

Com o texto, Carlos Jordy pretende agravar a pena de denunciação caluniosa de crimes contra a dignidade sexual

Deputado do PSL protocola projeto batizado de lei 'Neymar da Penha' - Reprodução/TV Câmara - Instagram @neymarjr

À primeira vista, parece mais um meme da Internet. No entanto, tem proporções reais. O deputado federal Carlos Jordy (PSL-RJ) protocolou, nesta quinta-feira (6), na Câmara dos Deputados, um projeto de lei que agrava a pena de denunciação caluniosa de crimes contra a dignidade sexual.

Imediatamente, o pessoal do Twitter batizou o projeto de Lei Neymar da Penha, em referência à Lei Maria da Penha, que criou mecanismos para coibir a violência doméstica e familiar contra a mulher.

O parlamentar não se importou:

“O PL 3369/19, que endurece a pena de denunciação caluniosa em caso de crimes contra a dignidade sexual, está sendo batizado de lei Neymar da Penha. Independente do nome, serve para coibir condutas inconsequentes que podem prejudicar a vida de inocentes”, escreveu.

A hashtag bombou nas redes sociais. Horas depois, após críticas, o deputado ressaltou que, embora tenha aproveitado o momento para trazer o tema de volta à tona, não foi ele quem deu o nome:

“O projeto Neymar da Penha já é o primeiro no trending topics do Brasil e o nono do mundo. Repito: nunca demos esse nome, mas a gravidade do assunto fez com que pessoas se sensibilizassem e fizessem uma comparação com a lei Maria da Penha. Estupro não é brincadeira!”, completou.

A discussão se dá em meio à polêmica envolvendo o camisa 10 da Seleção Brasileira e uma modelo que conheceu na Internet. Após encontro em Paris, ela acusa Neymar de estupro e agressão. A história segue tendo desdobramentos, porém, no dia anterior, um vídeo mostra o jogador recebendo tapas da mulher, o que fez com que muitos passassem a ter ressalvas sobre a acusação, sobretudo após dois advogados já terem abandonado a causa.





Notícias Relacionadas

06/06/2019 | 19h46m - Andréia Takano

Neymar causa tumulto ao chegar em delegacia

06/06/2019 | 19h32m - Andréia Takano

Fase difícil de Neymar é explicada na numerologia



Instagram

Instagram

OFuxico