Imprimir

Notícias

20/04/2020 | 10h20m - Publicado por: Flávia Almeida | Foto: Reprodução/Instagram

Diego Alemão é solto após pagamento de fiança

Vencedor do BBB7 disse que houve um show midiático

Diego Alemão é solto após pagamento de fiança - Reprodução/Instagram

Diego Alemão já está livre da prisão, graças a juíza Fernanda Maria Zerbetto Assis Monteiro, responsável pelo Plantão Judiciário de Curitiba. O ex-BBB conseguiu a liberdade na tarde de domingo (19), após se envolver em um acidente na capital paranaense.

Na manhã de sábado (18), Alemão foi conduzido à Delegacia de Delitos de Trânsito (Dedetran). Ele foi preso em flagrante suspeito de embriaguez ao volante, desacato e lesão corporal. O vencedor do BBB 7 foi liberado por volta das 15h, sob pagamento de fiança de R$ 7 mil.

Ex-BBB Diego Alemão é preso, após acidente de carro em Curitiba

Na decisão, a juíza afirmou que há indícios da autoria, porém, não existe qualquer pressuposto ou requisito que autorize a prisão preventiva do autuado.

"Apesar de altamente reprovável a conduta do autuado, entendo que os crimes, em tese, praticados, não comportam nesse momento o cabimento de prisão preventiva, motivo pelo qual Diego Bissolotti Gasques deverá ser colocado em liberdade", diz a sentença.

Após briga em boate, Diego Alemão faz boletim de ocorrência

A magistrada também estipulou medidas cautelares para Alemão. O ex-BBB não poderá sair de Curitiba pelos próximos oito dias e terá que se apresentar às audiências em relação ao processo que é investigado. A juíza também disse que, caso Alemão tenha sido vítima de "abuso de autoridade ou de violência física ou psíquica" por parte da polícia, pode procurar qualquer órgão do Ministério Público com "atribuições criminais para relato dos fatos e solicitação de providências".

"A verdade vai prevalecer."

Vem ver o look roqueiro de Diego Alemão

Ao sair da prisão, Alemão conversou com a imprensa.

"Tem muita inverdade no meio desse show midiático que está sendo feito. Eu resolvi parar aqui porque fiquei sabendo que as redes foram infestadas de mensagens de apoio, então quero deixar meu muito obrigado. A verdade vai prevalecer quanto aos fatos", disse o campeão do BBB 7.

De acordo com Jeffrey Chiquini, advogado que defende o ex-BBB, Diego está arrependido de ter sido intenso com os agentes após o uso de algemas, mas justifica sua revolta no fato de ter sido preso depois de ter sido extorquido pelo motorista de aplicativo.

"O motorista do veículo atingido se prevaleceu da sua imagem para enriquecimento ilícito", afirmou, negando ainda que seu cliente estivesse embriagado.

Esquenta BBB20: Relembre momentos marcantes das edições passadas

A defesa acrescentou que contribuirá com as investigações. Enquanto isso, um comunicado emitido pela Usina Brasil, escritório que gerenciava a carreira de Diego, afirma que ele não faz mais parte do casting.

"A Usina Brasil não cuida mais dos interesses artísticos e comerciais do Diego Gasques. Ficamos surpreendidos com as notícias veiculadas. Lamentamos e preferimos não comentar sobre o assunto, uma vez que não existe mais relacionamento profissional", consta de um trecho do comunicado emitido. 

Vale lembrar que em março deste ano, Diego já havia gerado polêmica ao se envolver numa briga com outros homens numa casa noturna em São Paulo.

BBB: Relembre os maiores rejeitados das edições!





Notícias Relacionadas



Instagram

Instagram

OFuxico