Imprimir

Notícias

25/03/2020 | 14h00m - Publicado por: Michele Marreira | Foto: Reprodução/Instagram

Dinho Ouro Preto contraiu coronavírus: ‘É um saco’

Cantor fez o comunicado em sua rede social

Dinho Ouro Preto contraiu coronavírus: ‘É um saco’ - Reprodução/Instagram

Mais uma vítima no mundo dos famosos contraiu coronavírus. Desta vez, foi Dinho Ouro Preto quem deu a notícia por meio de seu Instagram, na tarde desta quarta-feira (25). O ex-integrante da banda Capital Inicial, disse que não precisará ser internado e se queixou de dores.

“Amigos, eu testei positivo pro coronavírus. É um saco. O que eu estou sentindo me lembra a dengue que eu tive alguns anos atrás. Dor no corpo, febre (no meu caso de no máximo 38,5) náusea e frio. Não tive tosse ou dor de garganta o que quer dizer que varia bastante de pessoa pra pessoa”, iniciou o artista.

Cobertura completa: Tudo sobre o efeito do coronavírus no mundo dos famosos

O cantor de 56 anos aproveitou para fazer um alerta importante:

“Não sei quando ou onde eu entrei em contato com o vírus. Mas talvez todo mundo que tenha entrado em contato comigo até umas duas semanas atrás devesse ficar ligado. Não vou ser hospitalizado. Vou me isolar em casa mesmo. Saúde pra todos vocês”, comunicou ele.

Emilly Araújo sobre coronavírus: ‘Sou do grupo de risco’
Jackson Browne testa positivo para covid-19: 'Sintomas sutis'
Piovani critica campanha de famosos em coronavírus: 'Preguiça’

 

Projeto Roque em Rôu

 

Dinho Ouro Preto está passando por uma fase diferente de sua vida. Antes das paralisações por conta do Covid-19, nosso roqueiro preferido vinha realizando diversas experimentações na sua carreira, incluindo outro disco solo, Podcasts e seu novo canal no Youtube, sem falar na dedicação aos esportes, principalmente a corrida.

Em carreira solo desde 2012, o cantor vem conciliando seus projetos pessoais com os compromissos do Capital Inicial, e veio a homenagear o rock internacional com o disco Black Heart no mesmo ano.

“O Capital se apresenta sem parar há décadas. Também lança discos sem parar - de dois em dois anos lançamos algum projeto. No entanto, estamos tirando férias cada vez mais longas. Lançamos o Sonora, último disco do Capital, no final do ano passado, portanto acho que só vamos nos envolver com um outro disco daqui a um tempo. A consequência desse hiato nas gravações do Capital e da diminuição (talvez moderação seja a palavra adequada) dos shows, me deu a oportunidade de lançar esse projeto”, declarou o artista sobre o novo projeto.

Roque em Rôu vem para prestar homenagem ao outro lado da moeda, tendo o rock nacional como tributo.

“O álbum digital Roque em Rôu nasceu da forma mais despretensiosa possível. Num primeiro momento, a ideia era fazer shows tocando só rock brasileiro. Fazia sentido para mim, afinal minha vida adulta inteira, e boa parte da minha adolescência, foi dedicada a esse nicho especifico da nossa música. Quando éramos ainda garotos em Brasília queríamos ouvir rock na nossa língua, falando sobre nossas vidas e nosso pais. Nós achávamos, e eu continuo achando, que não se pode falar da música popular brasileira sem falar do nosso rock. Para mim, celebrá-las era algo simultaneamente importante e divertido. O que inicialmente era só um show que fazíamos ocasionalmente foi tomando uma proporção maior.  Comecei a ser cada vez mais procurado. Passei a me apresentar com cada vez mais frequência. E o resultado, o show, era sempre mais intenso do que eu antecipava. Vivi uma surpresa atrás da outra pelo pais inteiro”, revelou Dinho, antes de detalhar ainda mais suas escolhas.

“Escolhi três décadas - 70, 80 e 90. São doze artistas e bandas. Cada uma delas tem um forte elo emocional comigo. Escolher as músicas foi mais difícil do que parece. O que incluir? É inevitável que muita coisa fique de fora. No disco anterior, BlackHeart, eu parti de um outro conceito - todas as músicas eram de amor. Dessa vez, procurei fazer um passeio no tempo. Um pequeno tributo ao rock brasileiro. Começo nos anos 70 e venho até o Século XXI. Dentro desses limites, em última análise, escolhi músicas que gosto de ouvir!”

O que acharam do novo álbum de Dinho Ouro Preto?

FICHA TÉCNICA: ROQUE EM RÔU
Vocal: Dinho Ouro Preto
Guitarra: Fabiano Carelli
Baixo: Mauro Berman
Bateria: Lourenço Monteiro
Teclados: George Fonseca
Gravação, mixagem e masterização: Marck
Estúdio de gravação: Nano Studio

A situação do coronavírus no mundo

 

Coronavírus no Brasil

 

Até segunda-feira (23), o coronavírus teve uma disseminação bastante rápida: já foram infectados até a data, mais de 212 mil pessoas em 164 nações, com um total, 8.700 mortes. Além disso, as Secretarias Estaduais de Saúde contabilizam 1.629 infectados em todos os estados do Brasil. Segundo o Ministério da Saúde, há, até a data, 25 mortes no país, sendo 22 deles no estado de São Paulo e 3 no Rio de Janeiro.

No país foi decretado estado de emergência na semana passada e ocorreu a recomendação do fechamento de lojas, shoppings, clubes e academias, além da conscientização e proibição do uso de praias, parques, teatros, shows, etc.

Em São Paulo, o governo do Estado recomendou o cancelamento de eventos de lazer, culturais e esportivos, com mais de 500 participantes. Também determinou a suspensão imediata das aulas em universidades públicas e em escolas da rede pública e privada.

China e Coréia do Sul

 

Na segunda-feira (23) a China afirmou ter uma queda na quantidade diária de casos novos de coronavírus. Há 4 dias foram revertidos os casos de aumento e em Pequim, capital do país, foram reforçadas as medidas para combater a quantidade de infectados vindos do exterior.

A China teve 39 casos novos confirmados no domingo (22), de acordo com a Comissão Nacional de Saúde, e estes envolveram viajantes vindos do exterior, muitos deles estudantes chineses que voltavam para casa.

A Coreia do Sul também informou que teve o menor número de casos novos, desde o pico, que aconteceu no dia 29 de fevereiro. Tal queda levou mais esperança de que, o maior surto asiático fora da China, esteja recuando. Por lá, os Centros de Controle e Prevenção de Doenças da Coreia (KCDC) disseram que ocorreram 64 casos novos na segunda-feira (23), o que elevou a cifra nacional para 8.961. O total de mortos por lá subiu de 110 para 118. O pico aconteceu no dia 29 de fevereiro, com 909 casos.

Leia mais sobre a pandemia do coronavírus no mundo clicando aqui.

Tudo sobre o coronavírus

 

O que é o Coronavírus

 

O Sars-Cov-2 é o mais novo integrante de uma família já conhecida. Ela é formada por vírus que tiveram origem em animais silvestres. Alguns deles infectaram humanos e já causaram outras epidemias. Coronavírus é o nome de uma família desses vírus. O nome vem por conta dos mesmos terem suas estruturas em formato de coroa. Eles costumam circular entre animais, como roedores e morcegos. Mas a doença começou a afetar humanos também. O vírus causador sofre mutações espontâneas e aleatórias, por isso ainda não há uma medicação certeira para combater a doença.

São eles os responsáveis por infecções respiratórias e já provocaram outras doenças.

Leia mais sobre o coronavírus clicando aqui.





Notícias Relacionadas

25/03/2020 | 13h29m - Michele Marreira

BBB20: Ivy critica Tiago Lifert com Daniel: ‘Bem seco’

25/03/2020 | 13h12m - Giovanna Prisco

Carolina Dieckmann faz linda homenagem para a mãe na web



Instagram

Instagram

OFuxico