Imprimir

Notícias

01/08/2020 | 15h13m - Publicado por: Raphael Araujo | Foto: Reprodução/Instagram

Dinho Ouro Preto retoma práticas esportivas: ‘Não é fácil’

Cantor do Capital Inicial se curou recentemente do novo coronavírus

Dinho Ouro Preto retoma práticas esportivas: ‘Não é fácil’ - Reprodução/Instagram

Dinho Ouro Preto foi mais uma das celebridades a ter contraído o novo coronavírus, passando um período conturbado com a doença.

Já curado atualmente, o cantor do Capital Inicial compartilhou no Instagram uma foto que revela o retorno às corridas e práticas esportivas na última sexta-feira (31).

“Pra mim é um imenso prazer poder voltar a correr. Tô muito fora de forma. Meses sem treinar, semanas e mais semanas de confinamento, e ainda um covid na cabeça e nos pulmões não é fácil”, contou ele.

“Mas não dá pra reclamar – é só treinar. A temperatura estava ótima hoje. A trilha sonora também @themightyi. Valeu, também, Fábio Onuma, pela máscara”, concluiu.

Dinho Ouro Preto voltou a correr após se curar da covid-19

Confira a publicação original no perfil do Instagram @dinhoouropreto.

Capital Inicial retorna aos palcos em dois shows Drive-in
Dinho Ouro Preto sobre coronavírus: 'Foi horrível'

Curado da covid-19, Dinho Ouro Preto revela algumas sequelas

 

Durante sua passagem pelo programa Encontro, da TV Globo, Dinho Ouro Preto revelou estar lidando com algumas sequelas da covid-19.

“Em um primeiro momento, tive problemas ligados à respiração. Tentei correr e quase tive um troço. Tenho a impressão que a recuperação do pulmão foi um pouco mais demorada do que eu antecipava”, declarou ele.

“Fiquei com problemas nas cordas vocais, tive dificuldade de cantar, cheguei a fazer umas sessões de fono para recuperar a minha voz”, continuou.

“Quanto a minha capacidade atlética, antes eu corria diariamente, eu ainda não voltei à forma de antes. Mas está tudo bem. Eu tive uma versão moderada do vírus”, completou Dinho.

Ainda durante a conversa com a apresentadora Patricia Poeta, o artista comentou sobre já ter sido contaminado e superado a gripe suína, a dengue e uma grave queda no ano de 2009, afirmando também ter se recuperado deu uma infecção generalizada.

“Na lista de coisas que eu peguei... eu caio do palco no dia 31 de outubro e vou parar na UTI. Eles me mandam de volta para o quarto em uma sexta-feira 13. E, no quarto, eu pego infecção generalizada com uma agulha do próprio hospital. Aquilo se desenvolve, se agrava, vira uma septicemia e volto para a UTI. Nas listas do que você falou, faltou a infecção generalizada”, afirmou ele.





Notícias Relacionadas



Instagram

Instagram

OFuxico