Imprimir

Notícias

25/01/2021 | 07h00m - Publicado por: Larissa Mariano | Foto: Reprodução/Instagram

Direito Feminino e saúde mental: Famosas que levantam a bandeira!

Saiba quem são as mulheres que utilizam seu alcance de público para trazer pautas importantes contra a violência feminina e pela busca de direitos

Direito Feminino e saúde mental: Famosas que levantam a bandeira! - Reprodução/Instagram

Com a recente exposição de famosos que mantinham relacionamentos abusivos, com violência física, emocional e psicológica, cada vez mais é necessário e urgente a discussão sobre direitos femininos e a saúde mental da mulher. Duda Reis, nas últimas semanas, desabafou que seu caso poderia ajudar outras milhares de mulheres que, caso ouvissem seu relato, se identificariam e então reuniriam forças para compreender e sair de situações tóxicas.

Os casos de feminicídio aumentaram em 22% nos meses que se seguiram com a quarentena. Em 2020, uma mulher era morta a cada nove horas durante a pandemia, muitas vezes, dentro do próprio lar. É extremamente necessário que figuras públicas e vozes femininas usem seu poder de alcance para fazerem disso um tema constante, e não esporádico, que aparece na mídia apenas quando algum caso é revelado. 

Pensando nisso, vamos listar algumas potências femininas que sempre utilizam seu público e alcance para levantar pautas femininas, sejam elas sobre a violência contra mulher, direitos, luta feminista e muito mais? Confira!

Angelina Jolie

Angelina Jolie sempre esteve muito envolvida com causas sociais, desde movimentos ecológicos a pautas feministas. A atriz defende a emancipação feminina e deixa claro seu posicionamento acerca da violência contra as mulheres:

“Há uma epidemia global de violência contra as mulheres – tanto dentro das zonas de conflito, quanto em sociedades pacificadas, mas isso ainda é tratado como um crime pequeno, de menor prioridade. Mulheres e meninas estão arcando com o ônus de extremistas que se deleitam em tratá-las de forma bárbara. Precisamos de políticas de segurança de longo prazo que sejam projetadas por mulheres, focadas nas mulheres e executadas por mulheres”, declarou a atriz em discurso na African Union Summit.


 

Viola Davis

Além de uma excepcional atriz, Viola Davis é uma grande fonte de inspiração em diferentes aspectos políticos e sociais. A artista traz à tona a representatividade da mulher negra e, em seus discursos, sempre encoraja jovens a encontrarem sua voz e lutarem por seus ideais, especialmente em uma sociedade marcada por desigualdades e preconceitos sexistas e racistas.

“A única coisa que separa mulheres negras de qualquer pessoa é a oportunidade. Você não pode ganhar um Emmy por papéis que não existem. Então esse prêmio vai para todos os escritores, para as pessoas pessoas incríveis que redefiniram o que significa ser bonita, ser sexy, ser protagonista, o que significa ser negra.” - Viola em seu discurso após ganhar o prêmio Emmy.

Daniela Mercury

Daniela Mercury traz em suas músicas a alegria da Bahia e do Axé. Porém, em seu discurso, as falas nem sempre são tão alegres assim, já que a cantora levanta temas de extrema importância para o público feminino e toda a sociedade. Após assumir seu relacionamento com a jornalista Malu Viçosa em 2013, com quem hoje Daniela é casada, Mercury fala da visibilidade LGBTQIA + e também do direito da mulher sobre seu próprio corpo. 

Nós estamos com nossos direitos arriscados. Eu sou a favor das mulheres decidirem se querem abortar ou não. A mulher precisa poder escolher. É pela liberdade de ter poder sobre o próprio corpo. Sem falar nas leis contra a transfobia, homofobia, lesbofobia, todas as fobias relacionadas à sexualidade, e isso é uma coisa urgente porque o Brasil é o país que mais mata pessoas trans no mundo.”, defende ela.

 

Pitty

A roqueira Pitty é uma das representações femininas mais fortes no ramo artístico e musical do Brasil. Mesmo quando a luta feminista ainda era constantemente rechaçada e estereotipada, anos atrás, com um cenário ainda mais preconceituoso e machista, Pitty levantava debates e perspectivas diferentes acerca da independência da mulher em entrevistas e programas.

"O feminismo não é só bom para as mulheres, para os homens também, para a sociedade, pois se trata de igualdade, não de supremacia. O machismo oprime os homens também. Acho que no dia que eles perceberem isso, vai ser uma grande revolução.”, declarou ela em entrevista à Rolling Stones. 

 

Taís Araújo 

Taís Araújo é conhecida por sua enorme desenvoltura e atuação brilhante, mas fora dos palcos a atriz também é sempre muito necessária e firme em seus posicionamentos. Em suas redes sociais, Taís constantemente promove discussões com temas como o feminismo negro, local de fala e a representatividade feminina em diferentes âmbitos.

 





Notícias Relacionadas

18/01/2021 | 20h32m - Michele Marreira

Protagonistas de Amor de Mãe se reencontram após novela

18/01/2021 | 13h00m - Flavia Almeida

Mel Lisboa será vilã em novela da Globo

17/01/2021 | 18h07m - Raphael Araujo

Famosos reagem às aprovações das vacinas da Covid-19



Instagram

Instagram

OFuxico