Imprimir

Notícias

30/06/2020 | 04h00m - Publicado por: OFuxico | Foto: Reprodução/Instagram

Duques de Sussex devem ir a estreia de James Bond em LA

Kate Middleton e Príncipe William devem fazer o mesmo, na Inglaterra

Duques de Sussex devem ir a estreia de James Bond em LA - Reprodução/Instagram

Segundo a revista Variety, os produtores do novo filme de James Bond, No Time To Die (Bond 25), querem que Meghan Markle e o Príncipe Harry participem da estreia do longa em Los Angeles, em novembro próximo, uma semana depois que o duque e a duquesa de Cambridge Príncipe William e Kate Middleton, fazerem o mesmo no lançamento em Londres. 

No Time To Die, que será o último filme de Daniel Craig na franquia do Agente 007, seria lançado em abril, mas foi adiado para novembro devido à pandemia do novo coronavírus. 

Para seu lançamento repleto de estrelas, os produtores esperam ter os Sussex como convidados de honra, segundo relatos. 

Uma fonte disse ao The Sun: "A equipe recentemente ajustou a data de lançamento nos Estados Unidos para ser uma semana depois do Reino Unido, para que eles possam ter lançamentos massivos em Los Angeles e Londres. Para a estreia em Hollywood, eles indicaram que querem Harry e Meghan como convidados de honra. Isso levanta uma questão interessante sobre se William e Kate vão participar da estreia em Londres". 

Os duques de Cambridge assistiram à estreia em Londres do último filme de Bond, 007: Spectre em 2015, com o príncipe Harry. 

Nada foi confirmado ainda, porém os produtores estão trabalhando para conseguir seus convidados de honra no grande evento que será o lançamento do filme em Los Angeles.

 

Retribuindo à comunidade de Los Angeles

 

O príncipe Harry e a duquesa Meghan continuam isolados em Los Angeles, mas ainda retribuindo à comunidade local, de acordo com a revista People. Na terça-feira (23) os duques de Sussex passaram a tarde cozinhando e preparando refeições com a Homeboy Industries, uma organização dedicada a reabilitar ex-membros de gangues e melhorar suas vidas. 

Segundo o site da instituição, a Homeboy Industries fornece 'treinamento e apoio a homens e mulheres anteriormente envolvidos com gangues e anteriormente encarcerados, permitindo que eles redirecionem suas vidas e se tornem membros contribuintes da sociedade'. 

A organização usou o Twitter para fazer um agradecimento oficial ao casal por sua ajuda e apoio: 

"Obrigado a Harry e Meghan, o duque e a duquesa de Sussex, por sua visita ontem", twittou a organização em 24 de junho, junto com algumas fotos do encontro. "Nossas equipes de padaria e café ficaram entusiasmadas por tê-los trabalhando ao nosso lado no #FeedHOPE para Los Angeles." 

De acordo com um tópico no Twitter do repórter da realeza Omid Scobie, os Sussex recentemente se envolveram mais com a organização através do homem que dirige a Homeboy Industries, o padre George Boyle. 

Markle supostamente conheceu o padre Boyle durante um workshop de produção de tamales que ela participou com sua mãe, Doria Ragland, há 20 anos. Scobie também compartilhou uma declaração de um representante do casal real, alegando que o duque e a duquesa 'se conectam profundamente' com a missão da organização, descrevendo seu trabalho como 'um exemplo perfeito de como a empatia, a bondade e a compaixão podem mudar o mundo'.

Meghan Markle seria 'viciada em fama', diz biografia
Mãe de Meghan Markle vai morar com filha e Príncipe Harry





Notícias Relacionadas



Instagram

Instagram

OFuxico