Imprimir

Notícias

30/06/2020 | 19h10m - Publicado por: Esther Rocha | Foto: Divulgação

Em versão virtual, Leonardo ganha título de Rei das Lives

Durante suas lives, cantor leva o público pra sua casa e promove noitadas impagáveis, regadas a música boa, papo divertido e aquele sorriso malandro

Em versão virtual, Leonardo ganha título de Rei das Lives - Divulgação

No último sábado, 27 de junho, durante exatas 04h15 Leonardo cantou sozinho num palco montado em um espaço aberto no jardim de sua casa, acompanhado por playback e, vez ou outra, alguns acordes tocados por um de seus músicos. O cenário relativamente simples reproduzia o astral de um bar.

Desde o início da quarentena o cantor realizou eventos caseiros com Eduardo Costa, seu filho Zé Felipe, ao lado dos Amigos, Chitãozinho e Xororó e Zezé Di Camargo e Luciano, mas desta vez, atendendo aos inúmeros e insistentes pedidos de fãs clubes, o palco foi só seu.

Leonardo é um artista com uma característica única, seja nos palcos ou em seu dia a dia, ele mostra sempre a mesma personalidade. Não existe um trabalho de marketing direcionando seu discurso ou a sua postura. Ele brinca, fala bobagens, conta piadas, fala palavrões, brinca com os amigos, se emociona, toma uns golinhos da sua cachaça preferida, tudo no mesmo astral e tudo sem roteiro.

Num momento em que o mundo foi pego de surpresa e as pessoas se apoiam na música e na arte para driblar o medo e o sentimento de insegurança, passar uma noite ouvindo a voz de Leonardo é um oásis no deserto. Junte isso a momentos engraçados, emocionantes e inesperados e temos o programa perfeito para uma noite e madrugada de sábado. Por algumas horas a gente até consegue esquecer a triste realidade causada pelo coronavírus e a insegurança que ele gera.

Recordes reais e virtuais

Durante às 4 horas da live Canto, Bebo e Choro, os espectadores, empresas e empresários participaram e fizeram doações para auxiliar entidades e comunidades carentes, durante a pandemia. Além do Projeto Mesa Brasil, do SESC, outras instituições escolhidas pelo artistas serão beneficiadas com 110 toneladas de alimentos, 4,5 mil frascos de álcool gel, 118 mil máscaras, entre outros serviços e produtos.

No Youtube o evento online alcançou 4 milhões de reproduções e 569 mil espectadores simultâneos, #1 em Alta no Youtube (índice criado para aferir o número de visualizações, a origem do publico e  o desempenho do vídeo), 143 mil likes, 1º. Lugar no Trending Toping do Twitter, 8 milhões de contas alcançadas no Story, entre outras marcas importantes, como a aquisição de mais 33 mil inscritos em seu canal. Até o fechamento desta matéria seu patrimônio virtual era de 1.690 milhões de inscritos no Youtube, 10,6 milhões no Instagram e 7.783.868 no Facebook. Total 120.073.868 seguidores, todos apaixonados por esse tal Emival. 

Segurança total para a equipe

O show, realizado em sua casa, em Goiânia, contou com uma produção preocupada com todos os detalhes para segurança do artista e toda equipe envolvida. Para garantir o isolamento e não colocar em risco a saúde de ninguém, cada profissional envolvido foi para a casa do cantor com seu próprio carro. O cenário, luz e demais equipamentos foram montados durante o dia. Na chegada, toda a equipe e também o cantor e seus familiares, realizaram testes de temperatura e o teste rápido para Covid-19.

 

Tributo a Leandro

A live Canto, Bebo e Choro teve um sentido ainda maior para o cantor. Na terça-feira, dia 23, completou-se 22 anos da partida de seu irmão, Leandro, que morreu após uma longa batalha contra um câncer raro no pulmão. Como faz todos os anos nesta data, Leonardo se isolou em sua fazenda para refletir e relembrar seu grande parceiro de vida e de música. Nesse dia, em conversa via whats app Leo desabafou com a voz embargada:

“Hoje faz 22 anos que meu irmãozinho morreu e eu estou aqui, tomando umas. Eu quero lembrar dele e agradecer por tudo o que ele viveu e por ele não ter sofrido mais”.

Quase no final, Leonardo se emocionou ao homenagear Leandro cantando Mano, canção escrita por ele após a sua morte e Não Aprendi Dizer Adeus, sucesso da dupla, escolhido para dar nome à biografia cinematográfica de Luís José Costa e Emival Eterno Costa, os dois irmãos que deixaram as plantações de tomate na pequena cidade de  Goianápolis, para ganhar fama pelo Brasil e exterior.

Sobre o filme que contará a história de Leandro e Leonardo, o cantor contou que o projeto atrasou por conta da pandemia, mas não foi desativado. Sobre os escolhidos para viver a dupla no cinema, cogita-se os nomes de Luan Santana para viver Leandro e Bruno Gagliasso como Leonardo, mas por enquanto, tudo ainda não passa de suposições.

 

 

Leonardo brinca sobre vida sexual e esposa comenta





Notícias Relacionadas



Instagram

Instagram

  • Thais Fersoza tenta gravar alguns Stories, mas é impedida por Melinda, que transborda fofura e se declara para a mamãe 💕👩‍👧 (Via Instagram @tatafersoza)
  • Jojo Todynho abre o coração sobre crises de ansiedade #OFuxico
(Via Instagram @jojotodynho
  • Solange Almeida responde perguntas de internautas e revela que está solteira. #OFuxico (Via @solangealmeida )
  • Camila Queiroz e Klebber Toledo fazem festinha de aniversário para cachorrinha de estimação e encantam a web. #OFuxico (Via @camilaqueiroz )
  • #PedroScooby esclarece sobre vídeo do filho, que ''causou
  • O conediante #DLHughley desmaiou durante um stand-up e, no hospital, testou positivo para a covid-19. (Via stories @thedlhughleyshow )
  • #Projota revela planos de aumentar a família! (Via stories @projota )

OFuxico