Imprimir

Notícias

19/05/2020 | 12h00m - Publicado por: OFuxico | Foto: Reprodução/Instagram

Emily Ratajkowski acha que coronavírus vai causar divórcios

Modelo e atriz afirma que a pandemia será responsável por muitas separações

Emily Ratajkowski acha que coronavírus vai causar divórcios - Reprodução/Instagram

Supostamente não é o caso dela, mas Emily Ratajkowski acredita que a pandemia do novo coronavírus vai levar muitos casais ao divórcio.

A modelo e atriz de 28 anos, que está casada desde 2018 com o ator Sebastian Bear-McClard, diz que se sente 'confortável' em seu próprio relacionamento, mas sugeriu que ficar de quarentena e passar 24 horas do dia com o parceiro ou parceira, 'pode ser demais para algumas pessoas'.

Em conversa com o segmento Heroes da revista GQ, ela comentou: "Tem sido interessante estar em quarentena e casada. Sinto que muitas pessoas vão acabar se divorciando. Mas eu e meu marido estamos em uma boa parceria. E acho que aprendi muito sobre estar casada, com certeza.", afirma.

Para Emily muita gente vai sair do confinamento mais forte, porém com mais ansiedade.

Ela admite que sua ficha não caiu completamente ainda sobre a gravidade da atual crise de saúde, apesar dela conhecer duas pessoas que deram positivo para a doença respiratória.

Questionada sobre a ansiedade e o estresse, dada a incerteza do mundo, ela disse: "Acho que é a parte mais difícil: esse tipo de ameaça que está por toda parte. Obviamente, os números estão subindo todos os dias e eu conheço duas pessoas que deram positivo, mas ainda não parece que fomos atingidos. É mais como se não houvesse maneira de saber quanto tempo isso duraria ou a gravidade. Acho que está produzindo ansiedade na maioria das pessoas", afirma.

Apesar das dificuldades, Emily está usando esse tempo obrigatório em casa para trabalhar em seu livro de ensaios, que ela descreveu como 'um livro de memórias, mas com um pensamento político adicional'.

Ela explicou: "Provavelmente tenho 10 [ensaios]. Mas estou tentando aperfeiçoá-los... essa é uma das principais coisas que tenho feito [isoladamente]. Para mim, tem sido o único benefício do coronavírus, que tem sido interessante (...) Tenho 160 páginas, todas em rascunho. Tudo o que eu precisava era de não ter distrações e prometi a mim mesma que ia dizer a todos que me deixassem trabalhar e concluir esses trabalhos".





Notícias Relacionadas



Instagram

Instagram

OFuxico