Imprimir

Notícias

19/05/2020 | 00h00m - Publicado por: OFuxico | Foto: Reprodução/Instagram

Ex-segurança de Diana acha que ela não seria amiga de Meghan Markle

Paul Burrel acredita que as duas entrariam em choque com opiniões opostas

Ex-segurança de Diana acha que ela não seria amiga de Meghan Markle - Reprodução/Instagram

Paul Burrell, ex-mordomo da Rainha Elizabeth II e posteriormente da Princesa Diana, deu uma polêmica declaração esta semana, ao afirmar que a falecida mãe de Harry e William, possivelmente não se daria bem com Meghan Markle.

Burrell, que trabalhou com Lady Di por 10 anos até o dia de sua morte, em 1997, acredita que haveria uma 'batalha' entre a duquesa de Sussex e a princesa Diana se ela ainda estivesse viva.

"Acho que possivelmente elas teriam entrado em conflito. Eu imagino que teriam sido duas mulheres fortes e independentes, com visões diferentes sobre as coisas - teria sido uma batalha entre o caminho de Meghan e o de Diana", comenta em entrevista à revista Closer.

E Paul acredita que o príncipe Harry se sentiu atraído pela ex-atriz justamente por causa de suas semelhanças com a mãe:

"Harry se casou com Meghan porque ela é como Diana. Elas sempre defendem o que acreditam e não são insignificantes".

Ele acrescentou: "Eu acho que a principal diferença entre elas é que Meghan tem um plano de jogo, enquanto Diana era jovem e ingênua. Diana fez o livro com Andrew Morton e cortejou a imprensa ao longo dos anos porque ela não tinha voz. E sua mente forte significava que ela se importava e achava que o povo do país tinha o direito de saber o que havia acontecido a portas fechadas. Você poderia dizer que Meghan também - mas acho que ela só cortejaria a imprensa por sua carreira. Nos próximos anos, vamos vê-la em tapetes vermelhos, com amigos de primeira classe, em filmes, talvez. Diana não era assim - ela não estava interessada em autopromoção.", justifica.

Príncipe William e Harry fazem as pazes e voltam a se falar

Melhor amiga de Meghan Markle é a babá de Archie nos EUA

Duques de Sussex estão hospedados em mansão de Tyler Perry

 

Renúncia de Harry

 

Não havia ninguém no mundo que conhecesse melhor os príncipes William e Harry do que sua mãe, a Princesa Diana, falecida em 1997.

Segundo a BBC, Lady Di, previu, de algum modo o que aconteceria com seu filho mais novo, no futuro, durante uma entrevista com essa rede de televisão.

Foi em uma conversa com a BBC em 1995 que ela abriu seu coração sobre temas delicados, como sua relação com a realeza, seu marido na época, Príncipe Charles, de quem se divorciou um ano depois, seus deveres reais e sua família. Durante essa troca, Lady Di precisou de escrever seus filhos:

"William é mais parecido com o pai, mas tradicional e racional, mas Harry... Harry é como eu", disse a Princesa do Povo, como era conhecida na Grã-Bretanha.

Foi essa última frase que acendeu um debate nas redes sociais, sobre se a princesa sabia que em algum momento seu filho se afastaria da rainha Elizabeth, como ela fez após se divorciar do Príncipe Charles, quando tentou romper todos os laços com a monarquia e recomeçar a sua vida ao lado do empresário bilionário Dodi Al-Fayed, que morreu com ela em 1997.

Embora o anúncio dos duques de Sussex tenha sido uma surpresa para seus seguidores e, inclusive, para a própria rainha Elizabeth II, a imprensa acredita que talvez sua mãe Diana sabia que seu filho mais novo seguiria seus passos um dia, procurando sua independência.





Notícias Relacionadas



Instagram

Instagram

OFuxico