Imprimir

Notícias

23/12/2019 | 13h10m - Publicado por: Raphael Araujo | Foto: Reprodução/Instagram

Fábio Assunção posa ao lado da família em Nova York

Ator irá passar o Natal na Big Apple ao lado dos filhos e da Nora

Fábio Assunção posa ao lado da família em Nova York - Reprodução/Instagram

O Natal é um momento muito especial no ano de cada pessoa, e por conta disso, muitos passam a festa em família e/ou viajam para um lugar muito especial a fim de comemorar.

Fábio Assunção foi os dois casos, tendo viajado para Nova York ao lado dos dois filhos, João Assunção, de 16 anos, e Ella Felipa, de oito anos, e da nora, Giovanna Vieira.

Durante o passeio pela cidade, João acabou publicando no Instagram alguns cliques da viagem, na qual aparecem todos os que estão viajando.

Muitos seguidores acabaram comentando na publicação de João, e até famosos marcaram sua presença nos comentários.

“Gato!”, “Tá gato, João! Feliz Natal”, “Ah, que lindos!”, disseram Giovanna Ewbank, Sarah Oliveira e Maria Ribeiro, respectivamente.

“Que lindos”, “Queridos”, “Amo demais!”, foram algumas das declarações feitas pelos seguidores.

Entrevista para Giovanna Ewbank

Fabio Assunção foi entrevistado por Giovanna Ewbank

Ao final de outubro, o programa Na Cama da Gioh, apresentado por Giovanna Ewbank em seu canal no YouTube, recebeu Fábio Assunção em uma entrevista descontraída e reveladora. O ator de 48 anos falou sobre dependência de drogas, problema que ele expõe há dez anos.

"Qualquer questão na vida da gente, que faz piorar é você não compartilhar. Seja lá o que for. Se você guarda pra você, se você não divide isso com alguém, a tendência é aquilo virar um fantasma na sua vida. Falar, desmistificar esse tema, talvez tenha sido uma condição obrigatória, por eu ser uma pessoa pública e por ter vivido isso. Foi praticamente uma questão obrigatória e não uma sacada", disse.

Fábio comentou sobre a música que fizeram sobre sua dependência química no carnaval deste ano, cujo refrão dizia 'Hoje eu vou beber / Hoje eu vou ficar loucão / Hoje eu não quero voltar pra minha casa não / Hoje eu vou virar o Fabio Assunção".

"No começo do ano eu tive aquele episódio da música, e aquilo mexeu muito comigo. A gente vinha da vibe de ódio, e eu consegui solucionar um problema sem ódio".

O ator procurou os músicos para fazer um acordo e destinar todo o valor arrecadado com a canção para duas ONGs que tratam dependentes químicos, a Centro de Convivência É de Lei, em São Paulo, e a Comunidade Cidadania e Vida, em Salvador.

"Escolhi uma em São Paulo e outra em Salvador, porque a banda é da Bahia. Não teve briga, não teve processo. Foi resolvido tudo muito rápido".

Confira a entrevista abaixo:





Notícias Relacionadas

29/10/2020 | 08h40m - Marcelo Mendes Barroso

Giovanna Ewbank posta foto em momento zen



Instagram

Instagram

OFuxico