Imprimir

Notícias

19/05/2020 | 12h50m - Publicado por: Michele Marreira | Foto: TV Globo/Estevam Avellar

Fátima Bernardes não apresenta Encontro por causa de make?

Apresentadora explicou o motivo da ausência, por telefone

Fátima Bernardes não apresenta Encontro por causa de make? - TV Globo/Estevam Avellar

O público de casa estranhou a ausência da anfitriã do programa Encontro, a querida Fátima Bernardes, nesta terça-feira (19). A apresentadora que comanda o matinal nas manhãs da Globo que leva o seu nome, explicou ao telespectador o motivo de sua ausência, por meio de um telefonema ao vivo.

"Está tudo ótimo! Eu quis falar com vocês para ninguém ficar preocupado. Há duas semanas, venho tentando resolver um sinalzinho que está meio irritadiço e fazendo essas consultas on-line. Passa pomadinha, usa maquiagem e não resolve. Ontem, a minha dermatologista achou melhor fazer uma cauterização e retirada de material para exame. Tenho que ficar 48 horas sem usar maquiagem para que cicatrize direitinho", comentou ela.

A famosa foi substituída por Patrícia Poeta e André Curvello. Ainda no breve bate-papo, ela contou que estará na atração de quarta-feira (20), normalmente, destacando que seu estado de saúde está ok.

"É bom a gente falar porque nesses tempos de tantas doenças, as pessoas poderiam imaginar que a Fátima está com Covid-19. Não estou com nada. Estou ótima", reforçou ela.

Fátima Bernardes detona decisão do MEC: 'Tem que planejar'
Fátima Bernardes celebra Dia das Mães: ‘Sempre unidas’

Tristeza

Fátima Bernardes é uma das mais famosas apresentadoras do Brasil, inclusive comandando o programa Encontro com Fátima Bernardes na TV Globo todas as manhãs.

Na última quarta-feira (13), Fátima aproveitou um momento do Encontro para mostrar que se lembra dos convidados, e lamentou a morte de um deles, vítima do novo coronavírus.

O psiquiatra Danilo Santos Silva participou da atração há três anos, e morreu último domingo (10) após sofrer complicações da covid-19.

“Um dos mortos pelo coronavírus no Brasil esteve aqui no Encontro em agosto de 2017. É o psiquiatra Danilo Santos Silva, que tinha 33 anos. Ele era de Belém, no Pará, e atendia na capital e no interior do Rio de Janeiro”, explicou ela.

 “Logo na semana que vem já tenho que ir salvar pessoas. Fico olhando aqui desse lado, e só penso que poderia estar do outro, ajudando. Muito triste, né?”, disse Fátima, mostrando também uma mensagem que o médico enviou a uma amiga antes de ser entubado.

Em seguida, Fátima Bernardes comentou sobre o histórico familiar de Danilo, lembrando que ele era filho de Davi e Francisca, que trabalham como vidraceiro e manicure e diarista, respectivamente.

 “Quando ele esteve aqui no Encontro, veio contar uma história muito triste que tinha vivido. Ele tinha sido vítima de racismo na porta de uma emergência em que trabalhava no Rio de Janeiro. Ele chegou para o atendimento, e uma senhora disse que não queria ser atendida por ele, porque era negro”, relembrou a jornalista.

 “Ele resolveu fazer um boletim de ocorrência, porque disse que tinha uma voz. Quantas pessoas no dia a dia passam por isso, e, como ele mesmo disse, não têm esse poder?”, completou.

Por fim, Bernardes comentou sobre o fato de que Danilo deixou o marido Gilberto, “que juntos sonhavam em adotas dois filhos”.

Fátima Bernardes sobre quarentena com namorado: 'Lua de mel'
Fátima Bernardes e Túlio Gadêlha: 'Trinta meses juntos'





Notícias Relacionadas

19/05/2020 | 12h24m - Giovanna Prisco

Live de Whindersson Nunes enlouquece os internautas



Instagram

Instagram

OFuxico