Imprimir

Notícias

30/09/2020 | 15h24m - Publicado por: Michele Marreira | Foto: Reprodução/Instagram

Felipe Neto festeja arquivamento de inquérito: ‘Não foi dessa vez’

Youtuber foi alvo de um pedido do político José Medeiros, para ser investigado pela PGR

Felipe Neto festeja arquivamento de inquérito: ‘Não foi dessa vez’ - Reprodução/Instagram

Felipe Neto usou sua conta oficial do Instagram para divulgar uma vitória. O arquivamento do inquérito em 24 de agosto, movido pelo político José Medeiros, que havia solicitado à Polícia Federal a apuração de postagens realizadas pelo influenciador digital.

O motivo seria comentários feitos por ele e três deputados federais Glauber Braga e Sâmia Bomfim e Guilherme Boulos, em 31 de maio passado no Twitter.

Na ocasião havia ocorrido uma manifestação por grupos antifascistas na Avenida Paulista, conforme publicou o colunista do Uol, Rubens valente.

Em seu Instagram, Neto publicou:

“Não foi dessa vez q o bolsonarismo conseguiu usar a Polícia Federal para atacar a oposição. O pedido nojento para que me investigassem foi arquivado. A democracia resiste!”, disse ele.

MP aceita denúncia de Antônia Fontenelle contra Felipe Neto

Antônia Fontenelle e Felipe Neto travaram uma verdadeira batalha na web por conta de discordâncias de pensamentos, com diversos famosos se posicionando no conflito.

Porém, a treta ganhou proporções judiciais, com ambos denunciando e processando um ao outro pelos mais variados motivos.

Em um deles, Fontenelle solicitou ao Ministério Público do Rio de Janeiro que o órgão retire de circulação o livro A Trajetória de um dos Maiores Youtubers do Brasil, escrito por Felipe Neto.

De acordo com o site fefala a denúncia da apresentadora do canal Na Lata, a obra devia ser retirada de circulação por conter conteúdo impróprio para o público infanto-juvenil, mais especificamente na página 25.

Tal conteúdo apresenta uma brincadeira intitulada Casa, Mata ou Trepa, e na sugestão de celebridades a serem escolhidas para brincar, se encontra o ator pornô Kid Bengala.

Ainda, a Ouvidoria Nacional de Direitos Humanos, por meio do pedido de providência solicitado pela youtuber, determinou a remessa do procedimento a Comissão da Infância e Juventude do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) para apurar o possível delito.

O site fefala ainda afirmou que o Ministério Público Federal – Procuradoria da República do Distrito Federal e Felipe Fritz Braga, procurador da República, consideraram a possível pratica de crime e determinaram a remessa de todos os documentos para o Ministério Público do Distrito Federal e Territórios para que uma investigação fosse enviada e providências fossem tomadas.

E agora, como será o desenrolar desta ação?

Antônia Fontenelle funda associação e cria o Na Lata Kids
Felipe Neto critica GloboNews em entrevista para a emissora

Entenda o caso

A briga entre Antônia Fontenelle e Felipe Neto teve início quando ele foi o entrevistado do Roda Viva, programa da TV Cultura, onde ele falou de seu passado, assumiu os erros de quando era mais jovem, falou da situação política atual e criticou o governo de Jair Bolsonaro.

Enquanto ele foi “abraçado” por vários famosos, por conta de seus comentários, Felipe Neto não agradou a todos. A apresentadora do canal Na Lata, Antônia Fontenelle, fez duras críticas ao youtuber em suas redes sociais.

Logo de início, ela contou que não conseguiu assistir a entrevista dele por mais de 5 minutos e o xingou.

“Tentei assistir o chato do Felipe Neto no Roda Viva. Consegui ver 5 min. Moleque nojento, demagogo e oportunista, saiu de um lugar chamado BURACO DO PADRE, será q por isso ele insinuou que a culpa era da igreja por ele fazer comentários homofóbico num passado recente?”, disse.

Desde então, eles não pararam de trocar farpas nas redes sociais, e parece que a briga está longe de acabar.





Notícias Relacionadas



Instagram

Instagram

OFuxico