Imprimir

Notícias

16/07/2020 | 13h25m - Publicado por: Giovanna Prisco | Foto: Reprodução/Instagram/@fenobre

Fernanda Nobre sobre pressão para ser mãe: 'Cruel'

Atriz revelou que congelou os óvulos por medo de se arrepender

Fernanda Nobre sobre pressão para ser mãe: 'Cruel' - Reprodução/Instagram/@fenobre

Mesmo com a quarentena por conta do novo coronavírus, Fernanda Nobre não deixou de pensar em trabalho. A atriz e  o marido, José Roberto Jardim, estão trabalhando no monólogo Selvagem.

Em entrevista para a colunista Patrícia Kogut, do O Globo, a artista comentou que o espetáculo foi todo pensad para evitar o contágio pelo novo coronavírus.

"Nós, da cultura, estamos pensando: 'Meu Deus, o que vai ser de nós? Quando vamos voltar? E de que maneira?'. Muita coisa vai mudar. Eu estou tentando criar possibilidades. Meu marido escreveu um monólogo para mim, criamos juntos. A gente ficou pensando em como fazer uma peça que pudesse ser montada logo no primeiro momento de reabertura dos teatros. Fizemos um espetáculo em que apareço sozinha em cena. Não vai ter relação com outro ator, o que é triste, mas por outro lado, bom profissionalmente. É um grande desafio. E, para não ter uso de máscara no palco, tivemos a ideia de eu estar dentro de um cubo", disse ela.

Fernanda também comentou mais sobre a história do monólogo.

"Vamos falar do isolamento durante o rito de passagem da menina para a mulher. Mostrar o quanto nos isolamos em nós mesmas por causa do patriarcado e como estamos aprisionadas a ideias fixas em virtude disso", contou.

Maternidade

 

Aos 36 anos, Fernanda Nobre falou da grande pressão que sofre para ser mãe.

"Eu congelei os óvulos por medo de me arrepender em algum momento. Eu não sei até que ponto quero ter um filho ou apenas responder a uma expectativa da sociedade. Eu acho que, se quisesse, já teria tido. Mas eu realmente não quero mudar a minha vida agora para essa vida de mãe. Não é melhor nem pior, só não é o que eu gostaria. Estou com 36 anos, o tempo passa para as mulheres no sentido biológico. Eu sinto muita pressão. Uma pressão um pouco cruel, do tipo 'não serei completa se não for mãe'. Meu lado racional sabe que isso é balela, mas eu fui criada dentro dessa balela. Existe uma voz dentro de mim que me deixa com medinho de que isso seja verdade. Então congelei por medo, não por convicção", disse.

Fernanda Nobre comenta sobre volta às novelas
Fernanda Nobre quer retomar projeto que teria com Fernanda Young





Notícias Relacionadas

08/06/2020 | 19h30m - Giovanna Prisco

Fernanda Nobre comenta sobre volta às novelas



Instagram

Instagram

OFuxico