Imprimir

Notícias

06/06/2020 | 12h15m - Publicado por: OFuxico | Foto: Reprodução/Arquivo Pessoal

Filho de Flávio Migliaccio desabafa sobre morte do pai

Marcelo Migliaccio diz que tentou ajudar o pai a enfrentar a depressão

Filho de Flávio Migliaccio desabafa sobre morte do pai - Reprodução/Arquivo Pessoal

A morte do ator Flávio Migliaccio aos 85 anos, no mês passado, ainda é uma grande ferida na vida de seu filho, o jornalista Marcelo Migliaccio, de 52 anos, mas ele não julga o gesto do pai.

Ele falou à revista Veja Rio sobre a partida abrupta do grande ator, que cometeu suicídio há cerca de um mês.

Marcelo revelou que foi muito difícil lidar com a depressão na qual o pai mergulhou nos últimos tempos, descontente com a situação do Brasil e do mundo.

Flávio Migliaccio definia a atual situação da humanidade como “um lixo”, segundo revelou o filho.

"Numa de nossas últimas conversas, eu tentava, mais uma vez em vão, motivar aquele homem cansado, desiludido com a avalanche fascista que toma conta do planeta. 'O mundo está um lixo', ele me disse”, recordou Marcelo.

“Dias depois, ou antes, não me lembro, ele me deu outra razão para justificar seu desejo de sair definitivamente de cena: 'Já não escuto direito, minha vista está falhando, a memória também. Daqui para frente só vai piorar. Já vivi demais. Oitenta e cinco anos. Chega’”, confessou o pai ao próprio filho.

Marcelo definiu Flávio como um ator excepcional e repleto de profissionalismo, tanto que lembrou quando, na infância, o pai voltou para a casa com uma perna machucada, mas que só avisou ao diretor da cena do acidente depois que ouviu a palavra ‘corta’.

Ator recusou tratar a depressão

Ele ainda disse que “fez o que pode” para evitar o suicídio do pai e que chegou a leva-lo a psiquiatras e psicólogos, mas Flávio Migliaccio se recusava a se tratar.

O filho ainda contou que o ator era ateu. "Usei todos os argumentos, mas meu pai não queria mais jogar. Era uma decisão tomada, acho que muitos anos antes daquele domingo em que ele disse que daria uma caminhada pelo bairro e sumiu", falou.

Marcelo recordou que ficou muito assustado com a demora de seu pai e que saiu a procurá-lo, até que descobriu que Flávio tinha ido para o sítio da família, onde se matou.

"Última página de um roteiro cujo final nem eu nem minha mãe, de 84 anos, pudemos modificar", disse Marcelo Migliaccio à revista carioca. Mesmo em luto, o filho afirmou que respeita a decisão do pai e que jamais deixará de sentir orgulho do grande artista e homem que ele foi.

"A maioria das pessoas, como eu, respeitou a decisão dele. Houve até quem confessasse invejar sua coragem. Descendente de italianos e fã do cinema neorrealista, Flávio fez de sua morte um protesto, um ato político. Dramático, preferiu a corda no pescoço ao coquetel de pílulas", revelou o filho.

 

'Morte de Migliaccio foi fim de uma era', diz Marcelo Medici


Corpo de Flávio Migliaccio é enterrado, no Rio de Janeiro


Lima Duarte emociona em vídeo para Migliaccio: ‘Eu te entendo’


Filho de Flávio Migliaccio relata momentos finais com o pai


Filho de Flavio Migliaccio vai processar Estado por vazamento de fotos


Flávio Migliaccio deixou escritas peças de teatro inéditas





Notícias Relacionadas



Instagram

Instagram

OFuxico