Imprimir

Notícias

03/06/2020 | 08h00m - Publicado por: OFuxico | Foto: Reprodução/Instagram

Filhos de Mariah Carey têm medo da polícia

O ex-marido da cantora afirmou que para seus filhos, os policiais são maus

Filhos de Mariah Carey têm medo da polícia - Reprodução/Instagram

Nick Cannon, ex-marido de Mariah Carey, afirmou que seus filhos com a cantora, os gêmeos de nove anos, Roc e Roe, estão com medo da polícia. O ator, apresentador e cantor de 39 anos, que também é pai de um menino, Golden, de três anos com sua ex, Brittany Bell, revelou que devido à atual situação de racismo que se vive, os filhos 'veem os policiais como os bandidos' e acha que isso se tornou uma questão importante para a sociedade.

Ao comentar as manifestações pelo assassinato de George Floyd, Nick disse: "Meus filhos tem medo de policiais. Em sua mente, eles são os bandidos. Esse é claramente o problema", justificou.

Floyd morreu nas ruas de Minneapolis e Derek Chauvin, ex-oficial do Departamento de Polícia de Minneapolis, foi acusado de assassinato.

Nick acha que o incidente lançou uma luz sobre as coisas que vem acontecendo nos Estados Unidos há décadas.

Ele refletiu: "O que aconteceu com George Floyd vem acontecendo há anos e anos. Agora a tecnologia nos deu outra liberdade - ver em primeira mão o que está acontecendo. Agora que podemos vê-lo, precisamos responsabilizá-los. Da força excessiva ao assassinato - tudo o que vemos, temos que responsabilizá-los - incluindo os chamados bons policiais em pé, permitindo que isso aconteça. Um policial mau não está agindo sozinho. Existem vários outros policiais maus permitindo que um faça o que está fazendo.", escreveu à revista Variety, em referência aos três policiais que estavam com Chauvin e não fizeram nada para que o colega deixasse de asfixiar Floyd.

Participando das protestas

 

Nick viajou recentemente para Minneapolis para participar de protestos contra a injustiça racial e o ex-apresentador do 'America's Got Talent' sentiu que era importante para ele ver de perto as pessoas daquela comunidade.

Em um ensaio que escreveu para a Variety, ele compartilhou: "Eu tinha que ir para Minneapolis. Eu precisava estar lá na 38th Street e Chicago, onde a vida de George Floyd foi tragicamente roubada dele. Eu precisava ver as pessoas naquela comunidade - quanto amor elas tinham por sua comunidade e pessoas e quanta dor isso causou. Sentimos a dor atravessar o mundo - a raiva e a mágoa. Essas imagens nunca serão removidas de nossas mentes", afirma.

Nick Cannon disse à publicação que espera que 'o incidente em Minneapolis seja um ponto de virada na história americana'|, acrescentando que as pessoas estão 'buscando um novo normal'.

Ele escreveu: "Se você não avançar e disser que esse sistema está errado há anos - da guerra às drogas à criminalização de homens negros em geral, do oleoduto, da escola à prisão até o complexo industrial da prisão. É uma forma de escravidão moderna. Há mais homens negros na cadeia hoje do que escravizados [no século 19]. Estes são conceitos que as pessoas ignoram diariamente.".

Mariah Carey faz festa virtual para os filhos gêmeos
Leo Picon lança o single Segredo Nosso. Venha conferir!
Kim Kardashian é criticada ao 'celebrar' quarentena





Notícias Relacionadas



Instagram

Instagram

OFuxico