Imprimir

Notícias

26/09/2019 | 00h45m - Publicado por: Gustavo Gossen | Foto: Reprodução/TV Globo

Furioso e com sangue, Paolo Guerrero é expulso e faz gesto obsceno

Atacante reagiu após se sentir injustiçado na partida entre Flamengo e Internacional

Furioso e com sangue, Paolo Guerrero é expulso e faz gesto obsceno - Reprodução/TV Globo

Paolo Guerrero perdeu a paciência com a arbitragem na partida entre Flamengo e Internacional, pelo Campeonato Brasileiro, nesta quarta-feira (25). A indignação fez o peruano ser expulso de campo ainda no primeiro tempo.

Em um lance dentro da área, Guerrero reclamou (e muito) da não marcação de um pênalti após ser tocado pelo flamenguista Rodrigo Caio. O juiz Luiz Flávio Oliveira sequer consultou o árbitro de vídeo.

No lance seguinte, os dois jogadores trombaram em uma jogada de cabeça. Guerrero levou a pior e abriu um corte no supercílio. Mais uma vez, o peruano, com muito sangue no rosto, ficou indignado ao ver que o homem do apito nada assinalou.

O excesso de reclamação fez Luiz Flávio sacar o cartão vermelho. Guerrero seguiu com xingamentos, soco no ar e precisou ser contido. Na saída, apontou o dedo do meio para uma das câmeras.

Enquanto isso, a torcida do Flamengo, seu ex-clube, vaiava e gritava a plenos pulmões contra o jogador, que fez um outro gesto afrontoso.

No placar, o Flamengo venceu o Internacional por 3 a 1 e manteve a liderança na competição. O desempenho da arbitragem foi motivo de muita indignação dos demais jogadores, técnico e dirigentes do clube gaúcho.





Notícias Relacionadas



Instagram

Instagram

OFuxico